Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Para atleticanos, partida contra Criciúma é bom teste para a Série B

A partida desta quinta contra o Criciúma, válida pela segunda rodada da Copa do Brasil, acumulou significado ainda maior para o Atlético-PR. Rebaixado para a Série B do Brasileiro, comissão e elenco atleticanos acreditam que o jogo serve como parâmetro para medir a força e o estilo de jogo das equipes que enfrentará na competição.

Para o treinador Juan Carrasco, a partida contra a equipe catarinense deve dar ao Atlético uma dimensão de como a competição nacional é disputada.

‘Isso nos dará, mais para frente, (dimensão de) como enfrentar rivais do Campeonato Brasileiro. O objetivo fundamental é voltar com o Atlético para a primeira. É um bom teste, onde veremos como estamos àem relação aos supostos rivais’, afirmou o uruguaio.

O zagueiro Gustavo Araújo segue o mesmo raciocínio do treinador. Para ele, o duelo contra o Criciúma será um dos mais complicados do ano para o Atlético.

‘Se não vai ser o mais difícil, é talvez o segundo adversário mais difícil que nós vamos enfrentar este ano. Ele está na mesma competição que a gente a nível nacional. É um adversário que vem fazendo uma campanha boa no Campeonato Catarinense e que eliminou o jogo da Copa do Brasil. Então, demonstra que tem qualidade. Já serve como um parâmetro para a sequência do ano’, concluiu.

O Criciúma é o primeiro adversário presente na Série B que o Atlético enfrenta este ano. Um nível acima, na primeira divisão, o Furacão enfrentou apenas o rival Coritiba. Os outros adversário disputam divisões nacionais inferiores.

A partida contra a equipe catarinense está marcada para as 19h30 (de Brasília) desta quinta, no Heriberto Hülse, e é válida pela primeira partida da segunda fase da Copa do Brasil.