Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras leva três gols e dá adeus à Sul-Americana

Time alviverde foi derrotado por 3 a 0 pelo Millonarios, da Colômbia, e agora tem uma única missão na temporada: escapar da Série B do Campeonato Brasileiro

O Palmeiras desorganizado e frágil que foi parar na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro voltou a aparecer na noite desta terça-feira, em Bogotá, na Colômbia, e não foi páreo para o Millonarios, adversário da equipe nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Com gols de Ortíz, do ex-santista Rentería e de Ochoa, o time colombiano fez 3 a 0, mais do que o necessário para passar de fase, já que havia sido derrotado por 3 a 1 no jogo de ida e necessitava de uma vitória por dois gols, desde que não sofresse nenhum, para se classificar.

O Millonarios se aproveitou do fato do Palmeiras jogar com uma equipe modificada em relação ao time titular – Marcos Assunção, Henrique e Mauricio Ramos foram poupados. Desde o início, a equipe de Bogotá se aproveitou dos erros dos palmeirenses e finalizou bastante, até chegar ao primeiro gol, aos 34 minutos. Após cruzamento de Cosme, Rentería deixou a bola passar e Ortíz, de frente para o gol, abriu o placar.

A superioridade do Millonarios prosseguiu na segunda etapa. Otríz foi derrubano na área e o árbitro marcou pênalti. Aos 15 minutos, Rentería cobrou rasteiro e o goleiro Bruno não alcançou: 2 a 0 para o time da casa. O placar já bastava para os colombianos, mas ainda não estava fechado. Isso só ocorreu aos 31 minutos, após Candelo deixar Ochoa na cara do gol. O lateral dominou a bola livre de marcação dentro da área e bateu forte, sem chance para o goleiro palmeirense.

Pouco à vontade em campo desde o apito inicial, o Palmeiras não fez quase nada para reagir, embora um gol marcado pudesse levar a decisão para os pênaltis. Sinal de que o elenco talvez até enxergue a eliminação na Copa Sul-Americana pelo lado positivo: com menos uma competição para se proecupar, o time pode se concentrar na árdua batalha para se livrar da Série B no Brasileirão. Com 32 pontos, a equipe comandada pelo técnico Gilson Kleina está na 18ª colocação do torneio, a quatro pontos do Bahia, último fora da zona dos rebaixados à segunda divisão.