Clique e assine com até 92% de desconto

Palmeiras empata em casa e perde chance de encostar

Por Da Redação 6 ago 2011, 20h27

Por Demétrio Vecchioli

São Paulo – O Palmeiras desperdiçou neste sábado uma boa oportunidade de encostar na ponta do Campeonato Brasileiro. Contra um Grêmio em crise, o time alviverde teve mais posse de bola, mas criou poucas chances efetivas de gol e ficou apenas no empate em 0 a 0, no Canindé, pela 15.ª rodada do nacional. O jogo marcou a reestreia do zagueiro Henrique como titular do time alviverde e de Celso Roth no comando gremista.

Com o empate, o Palmeiras chega aos 27 pontos, empata provisoriamente com o Vasco, mas segue ainda em quinto. Para piorar, pode ver o Corinthians abrir até seis de vantagem na ponta ao fim da rodada. O Grêmio ganha segue na 15.ª colocação, com 15 pontos, só dois apenas acima da zona de rebaixamento. Corre o risco de fechar a rodada entre os quatro últimos

O Palmeiras volta a campo na quinta-feira, mas pela Copa Sul-Americana. Vai a São Januário enfrentar o Vasco, em partida marcada para às 21h50. Já fica por lá para compromisso contra o mesmo time, domingo, às 16h, desta vez pelo Brasileirão. O Grêmio tem uma semana de folga e só volta a jogar no domingo, 18h30, contra o Fluminense, no Olímpico.

O JOGO – Apesar de ter indicado que poderia entrar com Leandro Amaro e Vinicius nos lugares dos suspensos Thiago Heleno e Luan, o técnico Luiz Felipe Scolari acabou por ouvir a torcida e escalou a equipe com Henrique e Patrik. O tie, porém, foi muito dependente das bolas paradas no primeiro tempo.

Apesar de ter dois armadores, o Palmeiras apostava demais na opção de ataque pelas laterais, sem sucesso. Tanto que Victor, em má fase, quase não teve trabalho nos 45 primeiros minutos. Já Marcos teve que se virar para fazer a única boa intervenção do primeiro tempo, já nos acréscimos, em uma falta batida por Fábio Rochemback.

Na saída para o intervalo, o atacante Kléber reclamou bastante que o Grêmio estava parando as jogadas ofensivas do Palmeiras na base da falta, impedindo que o time da casa levasse perigo ao gol gremista.

Apesar de ter retornado sem alterações para o segundo tempo, o Palmeiras voltou melhor. Com 5 minutos, Valdivia chutou de dentro da grande área, sem força, mas exigiu defesa difícil de Victor no canto direito baixo. Aos 11, foi a vez de Patrik tentar de voleio, após cruzamento de Gerley, e levar perigo. André Lima descontou com um chute da entrada da área, mas a bola passou acima do travessão.

A entrada de Dinei no lugar de Maikon Leite fez o Palmeiras pressionar ainda mais o Grêmio, falhando, ainda, no último passe. E foram os visitantes que tiveram a melhor chance do jogo. Numa falha de marcação alviverde, Leandro ficou cara a cara com Marcos, mas o garoto tentou encobrir o goleiro pentacampeão do mundo, mandou as bolas na mão do veterano e perdeu excelente oportunidade.

Continua após a publicidade

FICHA TÉCNICA:

Palmeiras 0 x 0 Grêmio

Palmeiras – Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Henrique e Gerley; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Patrik (Vinicius) e Valdivia; Maikon Leite (Dinei) e Kléber. Técnico – Luiz Felipe Scolari.

Grêmio – Victor; Adilson, Vilson, Rafael Marques e Bruno Collaço; Gilberto Silva, Fábio Rochemback, Douglas (Marquinhos) e Lúcio (Escudero); Leandro (Miralles) e André Lima. Técnico – Celso Roth.

Árbitro – Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG).

Cartões amarelos – Henrique, Valdivia, Gerley, Marcos Assunção, Vilson, Rafael Marques e Douglas.

Renda – R$422.028,00.

Público – 15.762 pagantes.

Local – Estádio do Canindé, em São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade