Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Palmeiras desiste oficialmente de contratar Riquelme

O presidente Paulo Nobre disse que o clube está com problemas financeiros

Por Da Redação 24 jan 2013, 16h43

O argentino Juan Román Riquelme não reforçará o Palmeiras. O jogador de 34 anos, que estava negociando contrato com o ex-presidente Arnaldo Tirone, foi descartado oficialmente na tarde desta quinta-feira pelo novo presidente do clube, Paulo Nobre, eleito na segunda-feira.

“O Palmeiras está com problemas financeiros. Os jogadores que estamos trazendo têm um custo. Não podemos fazer loucuras neste momento. O Palmeiras não pode se dar o luxo de trazer Riquelme pelo preço oferecido”, disse Paulo Nobre, nesta quinta-feira, na Academia de Futebol.

Acompanhe VEJA Esportes no Facebook

Siga VEJA Esportes no Twitter

A desistência da contratação era esperada. Assim que assumiu a presidência, Paulo Nobre se disse em dúvida sobre a utilidade de Riquelme, que não atua desde julho de 2012, quando, perdeu a final da Copa Libertadores para o Corinthians, ainda no Boca Juniors (Argentina). O acerto do jogador com Arnaldo Tirone era de duas temporadas, com salário de 210.000 dólares (quase 430.000 reais), considerado alto para as atuais condições financeiras do Palmeiras. (Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade