Clique e assine com até 92% de desconto

Palmeiras busca a vitória no Pacaembu para ter paz

Por Da Redação 11 set 2011, 10h00

Por Daniel Batista

São Paulo – O Palmeiras vai a campo neste domingo para enfrentar o Internacional, às 16 horas, no Pacaembu, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em busca de um resultado positivo para conseguir muito mais do que os três pontos: a meta é ter uma semana de paz. Os últimos dias no clube foram de muita agitação.

Além da polêmica negociação de Valdivia com o Al Sadd, do Catar, onde quase o chileno deixou o Palmeiras, o empate diante do Atlético Paranaense caiu como uma bomba no elenco. Até mesmo o técnico Luiz Felipe Scolari, tão seguro de si, sucumbiu e admitiu que não sabia mais o que fazer para conseguir motivar o time.

Mas o treinador não deixou a peteca cair e já na última sexta-feira garantiu que faria de tudo para conseguir mostrar uma nova equipe neste domingo, no Pacaembu. “Não temos que ficar falando muito. Vamos para dentro de campo, trabalhar e fazer com que as vitórias voltem a acontecer”. A esperança é que o adversário também não anda muito bem das pernas. Assim como o Palmeiras, a campanha do Internacional é irregular. O problema, porém, é a boa fase de Leandro Damião. Felipão destaca que o jogador é diferenciado, mas alerta que o ideal é evitar a bola chegar nele.

Os jogadores admitem a pressão e a necessidade de não só vencer, como convencer. O goleiro Marcos alerta para a dificuldade do jogo, mas que isso não pode servir de desculpa para mais um tropeço. “No Brasileiro, se pegar o jogo do último colocado contra o primeiro vai ser sufoco. Sabemos que, mesmo jogando em casa, será parada dura. No começo do campeonato colocavam o Inter como um dos favoritos ao título. Isso mostra a qualidade deles”.

Uma dúvida está no ataque. Felipão não poderá contar com o atacante Kléber, suspenso. Em seu lugar, o treinador faz mistério. Vinicius é o favorito a ficar com a vaga, mas Tinga e Márcio Araújo correm por fora. Com a entrada deles, Luan seria avançado para o ataque. Outro desfalque é o reserva João Vitor, também suspenso. Quem está garantido é Fernandão, novo xodó de Felipão.

Continua após a publicidade
Publicidade