Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palmeiras bate a Ponte Preta e é líder provisório

Com Valdivia e Daniel Carvalho na armação, Palmeiras vence por 2 a 1, no Pacaembu

Pela primeira vez na temporada, o técnico Luiz Felipe Scolari escalou o Palmeiras com a dupla Valdivia e Daniel Carvalho. A estratégia funcionou no primeiro tempo, e a equipe derrotou a Ponte Preta por 2 a 1, na noite deste sábado, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. Juninho e Marcos Assunção marcaram e Ferrón descontou. Apesar dos sustos nos minutos finais, o Palmeiras assumiu a liderança provisória do Campeonato Paulista, pois chegou aos 32 pontos. A equipe ainda pode ser ultrapassada no domingo, já que o Corinthians tem 30 pontos e atuará contra o Comercial. Na próxima rodada do Estadual, os rivais se enfrentarão no clássico.

A experiência com os dois meias surtiu efeito logo na primeira jogada ofensiva do Palmeiras. Aos dois minutos, Daniel Carvalho tocou para Valdivia na intermediária e recebeu a bola de volta, para fazer então a assistência para Juninho, que invadiu a área e finalizou na saída do goleiro, abrindo o placar.

Aos 11, o Palmeiras ampliou. Em falta da meia-direita, Marcos Assunção viu os colegas pedindo a bola na área, mas cobrou direito, no ângulo, encobrindo o goleiro Lauro. Porém, a Ponte conseguiu descontar ainda na primeira etapa. Aos 37, João Paulo cobrou escanteio e Ferron aproveitou falha defensiva para cabecear sozinho para as redes.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, e a equipe de Campinas se mostrou mais disposta a buscar o ataque, mas acabou levando contragolpes. Em um deles, Valdivia pediu pênalti, em jogada que o árbitro considerou normal. Depois de um primeiro tempo apagado, Barcos aparecia mais no jogo. O argentino recebeu na meia-esquerda de Valdivia, girou e chutou para fora. No lance seguinte, o atacante dominou na área, driblou o marcador e arrematou para fora. A Ponte ainda buscava o empate e quase marcou com Magrão, que finalizou com perigo.

A Ponte cresceu na partida e Scolari decidiu tirar Daniel Carvalho para melhorar a marcação, com Tinga. A substituição deu resultado e o Palmeiras conseguiu segurar a pressão da Ponte e chegar à vitória. Antes do clássico contra o Corinthians, o Palmeiras esquece momentaneamente o Paulistão até quarta-feira, pois enfrentará o Coruripe, em Jundiaí, pela Copa do Brasil. A equipe precisa de um empate contra os alagoanos para avançar.Já a Ponte tem 24 pontos no campeonato e volta a campo para enfrentar o Guarani, na próxima rodada.

(Com agência Gazeta Press)