Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Pai e tio de Wayne Rooney são presos por envolvimento em apostas ilegais

Por Da Redação - 6 out 2011, 12h24

O pai do atacante Wayne Rooney foi detido nesta quinta-feira em Liverpool, acusado de estar envolvido em um escândalo de apostas ilegais no futebol escocês. Além de seu genitor, de 48 anos, o tio do atacante, Richie Rooney, de 54, integra o grupo de nove pessoas presas.

Os parentes do jogador inglês apostaram que o meia Steven Jennings seria expulso na partida de sua equipe, o Motherwell, diante do Hearts, no dia 14 de dezembro de 2010. No duelo, vencido pelo Hearts por 2 a 1, o jogador forçou seu cartão vermelho e foi expulso. Jennings também está preso.

‘Detetives estiveram em dez domicílios entre Liverpool e Glasgow (na Escócia) e prenderam nove homens como parte da investigação de atividades de apostas suspeitas’, disse a polícia através de um comunicado.

Por sua vez, a Federação Escocesa se manifestou explicando que o caso envolve apenas um jogo do futebol escocês. ‘Enquanto a investigação envolve vários outros indivíduos fora da Escócia, é importante ressaltar que as provas reunidas durante todo esse período completo de investigação envolvem apenas um jogo escocês. O Motherwell está ciente da situação e irá emitir uma resposta’, afirmou Stewart Regan, diretor-executivo da entidade.

Publicidade