Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Paceman, o caçula da Mini, desembarca no Brasil em maio

Modelo, fabricado na Áustria e com motor 1.6 turbo, custará até 150.000 reais

Por Da Redação 13 fev 2013, 07h52

O Paceman, mais novo modelo da família Mini, está prestes a embarcar rumo ao Brasil. De acordo com a fabricante britânica controlada pelo grupo BMW, o carrinho estreia por aqui no fim de maio, com preço estimado entre 140.000 e 150.000 reais. Sétimo integrante do atual cardápio de modelos da Mini, o Paceman é um cupê de duas portas e quatro lugares, com 4,11 metros de comprimento, 1,79 metro de largura e 1,52 metro de altura.

Trata-se do primeiro Mini a vir com o nome estampado na parte traseira e as lanternas em posição horizontal. Ele chega ao mercado brasileiro na versão Cooper S e traz sob o capô um motor de quatro cilindros, 1.6 litro, turbo, capaz de entregar 186 cavalos de potência e que está acoplado a uma transmissão automática de seis marchas. Diferentemente do restante da gama Mini, que é produzida em Oxford, na Grã-Bretanha, o Paceman sai da fábrica da empresa Magna Steyr, em Graz, na Áustria.

Leia também:

Mini Cooper S Roadster: o prazer de dirigir sem capota

Mercedes-Benz confirma novo Classe A para março

Continua após a publicidade

Hyundai inicia vendas do novo i30: a partir de R$ 75.000

Perua todo-terreno da Audi está à venda no Brasil

Visualmente, ele é idêntico ao já conhecido crossover Countryman, mas a partir da coluna A (aquela que sustenta o para-brisa), seu desenho é inédito. O pacote de itens de série inclui rodas de liga leve aro 18, faróis com lâmpadas de xênon, aerofólio traseiro fixo, volante com design esportivo e hastes para troca de marchas, entradas USB e dispositivo Bluetooth. Entre os equipamentos de segurança ativa e passiva destacam-se freios com ABS e Controle Dinâmico de Estabilidade, seis airbags e sistema antifurto com controle remoto por meio de ondas de rádio. Entre os itens opcionais está o sensor de obstáculos traseiro (de estacionamento).

De acordo com a BMW do Brasil, as versões ALL4, com tração integral nas quatro rodas, e a top de linha John Cooper Works, dotada de um motor 1.6 l 16V, de quatro cilindros, turbo, mas capaz de gerar 218 cv, chegam respectivamente no fim deste ano e no início de 2014. Destaque da Mini durante a última edição do Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro de 2012, o Paceman foi mostrado pela primeira vez, ainda como um protótipo, no Salão de Detroit de 2011, nos Estados Unidos.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Continua após a publicidade
Publicidade