Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oswaldo trabalha bola parada para acertar posicionamento do Botafogo

Conhecido por ter um forte sistema ofensivo, o Coritiba gerou preocupação no técnico Oswaldo de Oliveira e motivou uma série de treinamentos envolvendo jogadas de bola parada neste sábado. Os jogadores do Botafogo ficaram cerca de uma hora trabalhando o posicionamento dentro da área e precisaram ouvir os conselhos dados por seu treinador a cada erro cometido.

A fim de ilustrar situações de jogo, Oswaldo mandou a campo quatro jogadores de linha para formar o ataque adversário. Na marcação, cinco atletas se revezaram para tentar tirar o perigo de perto da meta carioca. Os zagueiros Brinner e Dória, o atacante Herrera e o meia Fellype Gabriel foram os mais exigidos nas atividades.

Herrera, inclusive, está confirmado entre os titulares. Os três gols marcados pelo atacante na estreia da equipe no Brasileiro, contra o São Paulo, garantiram a presença do atleta no lugar de Loco Abreu. Em má fase, o uruguaio ficará à disposição do comandante no banco de reservas e deve ser opção para o segundo tempo da partida.

Por fim, o comandante finalizou os treinamentos com cobranças de falta efetuadas por Renato, Vitor Júnior, Maicosuel e Elkeson. Os atletas lançaram bolas para dentro da área e permitiram a chegada dos jogadores com características ofensivas ao gol. O destaque foi para Dória, que aproveitou um cruzamento para deixar a sua marca com uma bicicleta, arrancando aplausos dos companheiros de clube.

Para este confronto, o treinador ainda terá uma série de desfalques a serem enfrentados. O goleiro Jefferson foi convocado para os amistosos com a Seleção Brasileira e caracteriza a principal ausência da equipe nas próximas rodadas do Nacional. Além do arqueiro, Antônio Carlos e Marcelo Mattos seguem vetados pelo departamento médico, assim como Andrezinho. O meia ainda não recuperou o condicionamento físico e voltará apenas no duelo contra o Cruzeiro.