Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oswaldo pensa em poupar defensores do Botafogo contra o Boavista

Já classificado para as semifinais da Taça Rio, o Botafogo pode enfrentar o Boavista, na última rodada, com uma equipe mista. O técnico Oswaldo de Oliveira está preocupado com o desgaste de alguns jogadores, principalmente dos defensores que vêm atuando em quase todas as partidas. Como não existem reservas para a posição, os laterais Lucas e Márcio Azevedo têm sido muito exigidos, assim como os centrais Antonio Carlos e Fábio Ferreira, que só contam com um suplente para a posição; Brinner, contratado ao Paraná no início da temporada.

Os quatro jogadores atuaram nas 18 partidas que o Botafogo disputou na temporada e já começam a mostrar sinais de desgaste segundo o treinador. Lucas já começa a ser perseguido pela torcida o que já aconteceu com Azevedo enquanto os centrais já começaram receber críticas pelas falhas nas últimas partidas como aconteceu com Antonio Carlos que foi o grande responsável pelo gol do Friburguense ao perder uma bola dominada perto da grande área. O goleiro Jéfferson também já participou de todos os jogos, mas a comissão técnica considera que ele não sofreu qualquer desgaste físico, até pelas caracteristicas da posição.

Lucas, inclusive, não vai enfrentar o Guarani no dia 18, jogo de volta da Copa do Brasil por ter recebido o terceiro cartão amarelo na primeira partida, em Campinas. O volante Lucas Zen que tem sido improvisado na posição nos últimos jogos, deve ser o escolhido. Para as outras posições da defesa, Oswaldo de Oliveira deve escolher jogadores desconhecidos pela torcida porque ainda não disputaram uma partida sequer pelo Botafogo em 2012.

Brinner e Matheus podem entrar nas vagas de Antonio Carlos e Fábio Ferreira enquanto Renan Lemos substituiria Márcio Azevedo. Essas mudanças poderiam proporcionar ao técnico Oswaldo de Oliveira a chance de obervar jogadores em competição e não apenas no treinamento como vem acontecendo.

O treinador admite também mexer no ataque. O uruguaio Loco Abreu que tem sido muito preservado pela comissão técnica em função do desgaste físico pode ceder sua vaga outra vez a Herrera que é considerado me melhor estado físico. O argentino poderia fazer a dupla de ataque com Caio, o que permitiria ao treinador poupar também um ou dois jogadores do meio campo. Renato e Marcelo Mattos são os mais exigidos é é bem possível que um deles não enfrente o Boavista. Essas mudanças só poderão ser testadas a partir de quarta-feira, dia da reapresentação dos titulares, uma vez que os jogadores que enfrentaram o Friburguense receberam dois dias de folga.

Prejuizo – O clássico disputado no último sábado entre Vasco e Flamengo deixou um saldo de 120 cadeiras quebradas no Engenhão. O diretor executivo do Botafogo, Sergio Landau, vai enviar um documento para a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) exigindo o pagamento do prejuízo causado pelos torcedores dos dois clubes.