Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Oscar é liberado para acompanhar nascimento da filha

Meio-campista do Chelsea deixou a delegação brasileira na Granja Comary

Por Da Redação 5 jun 2014, 10h56

O meio campista Oscar foi liberado pela comissão técnica da seleção brasileira para acompanhar o nascimento de sua primeira filha, Júlia, em Americana, no interior de São Paulo. O jogador do Chelsea deixou a Granja Comary, em Teresópolis, no fim da tarde de quarta-feira e se reapresentará à seleção diretamente em São Paulo, de acordo com a CBF. Na sexta-feira, o Brasil enfrenta a Sérvia, no Morumbi.

Leia também:

A uma semana da estreia, o Brasil é 3º no ranking da Fifa​

Neymar incendeia o time e dá show na goleada da seleção

‘Nós, atletas, não somos do governo’, afirma craque Neymar

Em Goiânia, um público quieto. Até Neymar entrar em ação

Continua após a publicidade

Felipão ‘dá um desconto’ por inatividade, mas cobrará mais

Já virou rotina: atrás da seleção, o cordão dos oportunistas

“A sensação de ser pai é incrível. Estou muito feliz de ela estar vindo nesse momento, especial para mim, quando estou disputando minha primeira Copa do Mundo. Isso me dá muita motivação”, declarou o jogador de 22 anos à CBF. Na semana passada, Oscar negou em redes sociais os rumores de que seria cortado da seleção por contusão e explicou que havia sido liberado para deixar Teresópolis a qualquer momento apenas para acompanhar o nascimento da filha.

Em entrevista coletiva realizada depois da goleada de terça-feira contra Panamá – no qual Oscar teve uma atuação apagada -, o técnico Luiz Felipe Scolari admitiu que a preocupação com o nascimento da filha pode ter atrapalhado o rendimento do atleta. “Espero que nasça sua menina até o fim de semana para ele ficar tranquilo e jogar tudo o que pode, tudo que sabe”, comentou o treinador.

(Com agência AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade