Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Os vultosos cachês de Neymar e de Tite em época de Copa

Gabriel Jesus e Alisson devem entrar no radar dos anunciantes

Por João Batista Jr. - Atualizado em 12 jun 2018, 18h37 - Publicado em 12 jun 2018, 18h07

O jogador Neymar é o atual dono do cachê mais elevado no mercado publicitário no Brasil. Para as negociações feitas neste ano, portanto veiculadas durante a Copa da Rússia, ele fechou contrato de remuneração de 3 milhões de reais por campanha veiculada no Brasil no período de 6 meses. Já as publicidades destinadas ao mercado internacional têm outro valor: 15 milhões de dólares. Neymar tem contratos hoje com empresas como McDonald’s, C&A, TLC, Rico e Replay, entre outras. O técnico Tite também está em alta. Ele cobra 2 milhões de reais por uma campanha veiculada também por seis meses.

O mercado publicitário avalia que o atacante Gabriel Jesus e o goleiro Alisson devem entrar no radar dos grandes anunciantes caso a seleção avance na competição.

Publicidade