Clique e assine a partir de 8,90/mês

Os campeões que ganharam moral com Tite

Sucesso na Rio-2016 dá esperanças a jovens atletas para a sequência do trabalho na seleção brasileira adulta que busca classificação para a Copa da Rússia

Por Luiz Felipe Castro - 20 ago 2016, 20h54

O inédito título olímpico conquistado neste sábado diante da Alemanha representa uma esperança de renovação na seleção brasileira. O técnico Tite acompanhou toda a campanha e chegou a auxiliar Rogério Micale na Granja Comary. O treinador da equipe adulta evitou nomear quais atletas olímpicos mais o impressionaram, mas é bastante provável que alguns deles recebam chances durante as Eliminatórias para a Copa de 2018. Talvez já na primeira lista do novo comandante, que será divulgada nesta segunda-feira, para os jogos contra Equador e Colômbia, em setembro.

Durante seus tempos de Corinthians, Tite chegou a ser criticado por apostar pouco nos atletas da base. E a situação da seleção também não é favorável: o Brasil ocupa o sexto lugar das Eliminatórias, posição que o deixaria fora da Copa, e aumenta a pressão sobre os atletas. No entanto, os Jogos da Rio-2016 mostraram alguns atletas prontos, além, claro, do craque Neymar.

 

Publicidade