Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Orientado a se controlar, Valdivia é mantido como capitão do Verdão

O meia Valdivia se mostrou animado durante a semana por ter usado a braçadeira de capitão do Palmeiras na derrota para o Figueirense. O técnico Luiz Felipe Scolari, então, confirmou que o chileno será mantido com a tarja no duelo deste domingo, contra o Atlético-MG, mas revelou também que, na semana passada, pediu para o jogador se controlar nas reclamações.

‘Nós conversamos com ele, porque o Valdivia é um pouco diferente. Ele tem um gestual quando o juiz não marca as faltas que sofre, mas vai ter de administrar. Como capitão, ele tem alguma possibilidade de conversar com o juiz, mas, se reclamar pelas faltas, vai levar mais sanções do que os outros. Ele teve o cuidado no primeiro jogo (com a braçadeira) e vai seguir como capitão da equipe’, afirmou.

O treinador vem promovendo um revezamento da faixa no Palmeiras nesta temporada. Marcos era o dono da função, mas o técnico passou para Kleber durante boa parte do ano. Depois, Marcos Assunção também entrou no rodízio. Os três desfalcaram o time nas rodadas passadas e também não atuarão contra o Atlético-MG. Enquanto o Gladiador foi afastado pelo técnico, os outros dois estão vetados pelos médicos.

Na primeira partida sem o trio, Felipão deixou a tarja com o zagueiro Henrique. Na rodada seguinte, passou a Valdivia, que, segundo o técnico, exerce uma liderança diferente dos demais.

‘Existe a liderança que a pessoa vai atrás e busca, mas, às vezes, não é total como gostaríamos de ter. Há os casos de liderança técnica, porque o jogador pode influenciar os outros por seu estilo. No momento, o comando do Valdivia é muito mais técnico’, comentou.

Para defender o chileno, Felipão citou como exemplo o capitão do Palmeiras na conquista da Copa Libertadores da América de 1999.

‘O César Sampaio tinha uma liderança muito normal, comum e simples. Pela forma de jogar, ele tinha um estilo que influenciava os outros. Por ser uma pessoa muito bem quista, era bem aceito pelos demais’, recordou.