Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Orgulhoso, Romário aprova primeiro jogo como profissional no Vasco

O atacante Romário vestiu a camisa do time profissional do Vasco pela primeira vez no último sábado, na sonora goleada por 4 a 1 sobre o Macaé, no Moacyrzão. Procurado por seus companheiros de clube durante a partida e aplaudido pela torcida ao término do confronto, o atleta aprovou sua estreia na equipe e não poupou adjetivos ao analisar sua participação no duelo.

Mesmo sem marcar um gol, o jogador se movimentou bem no setor ofensivo e abriu espaços na zaga adversária. A postura do atleta em campo empolgou os mais experientes, que passaram a trocar passes com a promessa cruz-maltina na tentativa de ver o centroavante balançar as redes em sua estreia.

Entretanto, o desgaste físico proveniente da maratona de jogos enfrentada pelo clube carioca fez com que o time cadenciasse mais a partida na segunda etapa. A falta de ímpeto nos minutos finais acabou anulando qualquer chance de Romário marcar o seu primeiro gol e impediu que o clube chegasse ao quinto no confronto.

‘Foi um orgulho para mim. Só de entrar em campo e estar ao lado de Diego Souza, Juninho Pernambucano e Eder Luis. Hoje eu não pude fazer o gol, mas a próxima vez que eu estiver em campo, vou aproveitar a oportunidade e deixar o meu’, projetou o confiante atleta vascaíno.

Contente com a chance dada por Cristóvão Borges, Romário procurou lembrar que não está adaptado ao ritmo de jogo do profissional. Mesmo assim, o atacante acredita que não irá encontrar dificuldades para se adaptar ao novo volume de jogo que foi vivenciado no último sábado.

‘Eu só estava jogando nos juniores e esse é o meu primeiro jogo no profissional. Eu senti um pouco a diferença, mas quando eu pegar o ritmo certinho vai ser outra história’, completou a empolgada promessa do Cruz-Maltino.