Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Organizadores consideram um sucesso evento-teste de ciclismo para a Rio 2016

O Rio sediou neste domingo o desafio internacional de ciclismo de estrada, evento-teste preparativo para a Olimpíada de 2016. A prova de 165 quilômetros foi vencida pelo francês Alexis Vuillermoz, seguido pelo belga Serge Pauwels, e do também francês Romain Barde, terceiro colocado.

Os atletas avaliaram bem o percurso de prova, mas fizeram críticas a alguns trechos com problemas no asfalto. “A decida da Vista Chinesa tinha alguns buracos, o asfalto estava trepidando em algumas partes e tivemos de tomar cuidado. Mas a prova foi bem organizada. E com essa torcida apoiando tiramos força da onde não esperamos”, considerou o brasileiro Kleber da Silva, sétimo colocado.

Para os organizadores, a competição foi o evento-teste mais desafiador até o momento – neste ano, já foram realizadas provas de remo, vôlei, triatlo, hipismo, além do desafio internacional de vela que começou no último sábado e segue até o dia 22 deste mês. “Sabemos que há muita coisa para melhorar, o recapeamento do asfalto de trechos pequenos vai ser feito. Mas o evento-teste é importante para isso: conhecer as necessidades”, afirmou o diretor de esporte do Comitê Rio-2016, Rodrigo Garcia.

“Sem sombra de dúvida essa é a prova mais complexa que organizamos”, afirmou o diretor de instalações do Comitê Rio-2016, Gustavo Nascimento. O evento, aliás, teve de sofrer uma pequena alteração de percurso para não coincidir com a manifestação contra o PT e a presidente Dilma, marcada para o ocorrer em Copacabana. “Para se ter uma noção, foram necessárias 25 mil grades de proteção, ruas interditadas. O grande teste foi fazer com que a cidade funcionasse. Fiquei muito feliz, foi um sucesso”, disse Nascimento.

O circuito passa por vários pontos turísticos, além de contornar grande parte das orlas das zonas sul e oeste. “Essa é a competição que apresenta o Rio como cidade olímpica. É muito importante para mostrar vários pontos da cidade e o circuito é muito lindo”, considerou Nascimento.

A disputa começou às 8h30 na altura do posto 5 da praia de Copacabana. Ao todo, participaram 60 competidores, de 15 países, que vieram ao Rio atraídos pela oportunidade de conhecer o circuito olímpico. A prova durou pouco mais de quatro horas, e foi concluída na praia de São Conrado. Ao longo da orla, os ciclistas receberam o apoio das pessoas que aproveitavam o domingo ensolarado..