Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Olimpíada foi programa visto em 98% dos lares brasileiros

Dados do Ibope mostram que o futebol foi a modalidade mais vista, tanto o masculino quanto o feminino

Por Cecília Ritto Atualizado em 23 ago 2016, 21h49 - Publicado em 23 ago 2016, 17h22

A Olimpíada acabou há dois dias e já deixou muita gente com saudade da maratona de competições diárias com os melhores atletas do mundo. Praticamente todo o Brasil parou para ver alguma disputa ou cerimônia relacionada aos Jogos em algum dos dezessete dias de transmissão. Os dados da Kantar Ibope revelam que 98% dos lares brasileiros monitorados pelo levantamento assistiram a pelo menos 1 minuto de algum conteúdo olímpico.

O número de pessoas que viu a Olimpíada pela TV no Brasil também é excepcional: 63,4 milhões, o que equivale a 93% dos telespectadores que participaram da medição do Ibope. A maior audiência foi a cerimônia de abertura ao vivo – as pessoas assistiram em média a 45 minutos –, seguida pela final do futebol masculino entre Brasil e Alemanha, pela cerimônia de encerramento, pela partida do futebol feminino entre Brasil e Austrália e pelo jogo de futebol masculino entre Brasil e Dinamarca.

A audiência brasileira confirma a preferência esportiva nacional, mas outras modalidades também tiveram audiência expressiva. O segundo lugar foi para o vôlei de praia, depois a ginástica, o vôlei de quadra e o judô. “Vimos muito positivamente o alcance do vôlei. Somados os jogos na quadra e na areia, a diferença de audiência para o futebol foi pequena”, diz a diretora do Ibope Fábia Juliasz. As modalidades menos vistas foram golfe, depois badminton, remo, rúgbi e tiro com arco.

Em um levantamento pelo Twitter, os atletas mais comentados foram Neymar, Usain Bolt, Michael Phelps e Arthur Nory, o ginasta medalhista de bronze que se destacou nas redes principalmente depois de postar uma foto com Simone Biles.

Continua após a publicidade

Publicidade