Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Olimpíada de Inverno: encontro de gerações no esqui cross country

Prestes a disputar sua sexta Olimpíada, Jaqueline Mourão, de 42 anos, tem como colega de prova o estreante Victor Santos, de 20

Na Olimpíada de Inverno de PyeongChang, que dia 9, na Coreia do Sul, o Brasil terá  um encontro de gerações no esqui cross country. De um lado, a mineira Jaqueline Mourão, de 42 anos, uma das recordistas brasileiras em participações olímpicas e também a atleta mais velha da delegação. Do outro, o paulista Victor Santos, de 20 anos, um novato que fará sua estreia em Jogos na mesma prova da veterana.

Jaqueline completará em PyeongChang sua sexta campanha olímpica, igualando o feito de Formiga, no futebol. Mas é a única brasileira a competir tanto na Olimpíada de Inverno quanto na de Verão. Em Atenas-2004 e Pequim-2008, ela participou no ciclismo mountain bike. Em  Turim-2006, Vancouver-2010 e Sochi-2014 ela competiu no cross country – e também no biatlo, nos Jogos da Rússia.

A melhor colocação de Jaqueline nos Jogos de inverno foi um 65º lugar na prova de velocidade, em Sochi, mas isso não a desanima. “Estou estudando distâncias percorridas e tempos das minhas adversárias. Espero obter minha melhor posição nesta Olimpíada”, disse a brasileira, recente entrevista.

Projeto social

Victor Santos: estreia em PyeongChang

Victor Santos: estreia em PyeongChang (CBDN/Divulgação)

A veterana esquiadora vai servir de inspiração para um dos atletas estreantes nos Jogos. Descoberto em um projeto social comandado pelo ex-atleta olímpico Leandro Ribela, o paulista Victor Santos viverá a partir da próxima semana um sonho.

Oriundo de um bairro simplório ao lado da Cidade Universitária, em São Paulo, Victor, que chegou a fazer bico como flanelinha na infância, integrou o projeto Ski na Rua, criado por Ribela em 2012, em que o praticante simula os movimentos do esqui cross country, só que no asfalto. A prática atraiu o jovem Victor, então com 17 anos, que encarou a atividade como uma diversão, mas descobriu uma oportunidade de mudar a sua vida.

A modalidade

O cross country é considerado a maratona das provas de esqui, normalmente em percursos longos, a ser completada no menor tempo possível. É realizado em terrenos planos ou ondulados. Existem dois estilos técnicos: o clássico, em que os atletas se movem na diagonal, usando passos largos; e o livre, no qual a movimentação é semelhante à patinação, permitindo mais velocidade.

O programa esportivo prevê a realização de seis eventos masculinos e outros seis femininos. Em PyeongChang, Jaqueline disputará os 10 km estilo livre, enquanto Victor participará dos 15 km estilo livre.

O calendário

A estreia do Brasil no esqui cross country em PyeongChang acontecerá no dia 15 de fevereiro, com Jaqueline Mourão nos 10 km estilo livre, a partir das 4h30 (horário de Brasília), na pista de Alpensia. No dia 16, no mesmo local, Victor Santos participará da prova de 15 km estilo livre, com largada prevista para as 4h (horário de Brasília).