Clique e assine com 88% de desconto

Obama discorda de Kobe e diz que prefere time de 1992

Por Da Redação - 17 jul 2012, 09h13

Por AE-AP

Washington – Barack Obama é o mais novo integrante da lista de pessoas que discordam da polêmica declaração do astro Kobe Bryant de que a atual seleção norte-americana masculina de basquete é superior ao “Dream Team” de 1992. O presidente dos Estados Unidos revelou, na noite de segunda-feira, em Washington, a sua preferência pelo time que conquistou a medalha de ouro na Olimpíada de Barcelona.

“É uma questão de geração”, disse Obama à ESPN norte-americana, durante o intervalo do amistoso entre Estados Unidos e Brasil, em Washington, na preparação das equipes para a Olimpíada, e que foi acompanha pelo presidente no ginásio. “Em 1992, era minha época como um torcedor dos Bulls, de modo que eu tenho de ficar com o Dream Team original”.

Bryant disse recentemente que a atual seleção dos Estados Unidos, que conta com ele, LeBron James, Kevin Durant e outros astros, poderia superar o time de 1992. Aquela equipe entrou para a história ao faturar a medalha de ouro em Barcelona com atuações espetaculares e era formada por jogadores como Michael Jordan, Larry Bird, Magic Johnson, Charles Barkley, Patrick Ewing, Scottie Pippen e Chris Mullin. “Sabemos que Kobe é competitivo, portanto, é esperado que diga esse tipo de coisa toda vez que tiver a oportunidade”, disse Obama.

Publicidade

O presidente só acompanhou a vitória da seleção masculina dos Estados Unidos por 80 a 69, mas também cumprimentou a equipe feminina norte-americana, que superou as brasileiras por 99 a 67 na segunda-feira. “Não poderíamos estar mais orgulhosos de vocês”, declarou Obama.

O mandatário norte-americano avaliou que a seleção masculina de basquete dos Estados Unidos deve conquistar a medalha de ouro na Olimpíada de Londres. “Obviamente temos uma equipe talentosa”, disse. “Não há nenhuma maneira de não voltar sem o ouro. Basta manter o foco”.

Publicidade