Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘O que pesou foi meu carinho pelo Inter’, afirma D’Alessandro

A novela D’Alessandro acabou neste domingo, com final feliz para os colorados. Depois de 12 dias de indefinições se ficava ou saía de Porto Alegre, o meia teve sua permanência confirmada pela direção do Internacional neste domingo. Na manhã desta segunda, o jogador concedeu uma entrevista coletiva onde deixou claro: o carinho pelo Inter foi determinante para sua escolha.

‘O clube poderia dizer que era importante a proposta a deixar para mim decidir. Mas o interesse deles para eu ficar no clube foi muito importante. O que pesou foi o carinho que eu tenho pelo Inter e o carinho que eles têm por mim. Não falo apenas da torcida, falo também dos funcionários do clube’, explicou D’Alessandro.

Segundo ele, o carinho recebido e os pedidos para ficar no Inter não ocorreram nem mesmo quando atuava no River Plate, seu clube de origem na Argentina. ‘Parava para colocar combustível e o cara do posto dizia para eu ficar. Onde moro, os porteiros perguntavam. Ia buscar meu filho na escola e o torcedor se manifestava na rua. E eu não acredito ainda, fico muito emocionado com a manifestação do torcedor na porta da minha casa, à meia-noite, pedindo para eu ficar. Foi algo inesquecível.’

D’Alessandro recebeu um aumento de salário para permanecer em Porto Alegre. Não é o mesmo que receberia se fosse à China, mas o suficiente para fazê-lo preferir continuar no Internacional. ‘Nunca ia pedir para o Inter cobrir a proposta da China. Houve o momento em que chegamos a um acordo, eu coloquei muita coisa na balança, minha vida aqui em Porto Alegre, minha esposa, amigos.’

Com a permanência assegurada, D’Alessandro é presença certa no time que enfrentará o Once Caldas, nesta quarta, em Manizales, pela fase preliminar da Libertadores. O Inter joga por um empate para seguir à fase de grupos. A delegação viaja à Colômbia às 16h30 desta segunda-feira.