Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nuzman quer definir sedes de rúgbi e hóquei até fevereiro

As modalidades são as únicas que ainda não têm palcos definidos para 2016

O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, Carlos Arthur Nuzman, prometeu, na noite de terça-feira, durante o Prêmio Brasil Olímpico, no Rio de Janeiro, anunciar até fevereiro a escolha dos dois últimos locais de competição ainda indefinidos para o evento: rúgbi e hóquei sobre grama. O dossiê de candidatura previa a disputa do rúgbi (que entrará pela primeira vez no programa olímpico), no Estádio de São Januário, mas o Vasco não apresentou a proposta de reforma a tempo. O clube, que enfrenta problemas financeiros, decidiu abrir mão de tentar receber o esporte nos Jogos do Rio.

Leia também:

Na Suíça, o COI alerta: o ‘tempo está passando’ para 2016

Legado olímpico: depois das medalhas, o maior desafio

O efeito Nuzman: em 2 décadas, gastos de 40 bi de reais

O mesmo dossiê previa a realização dos jogos de hóquei no Parque Olímpico, considerado o coração dos Jogos, que está sendo construído na Barra da Tijuca. Mas o Comitê Rio-2016 decidiu levar a modalidade para o complexo esportivo de Deodoro, também na Zona Oeste, mas distante do centro da Olimpíada. A Federação Internacional de Hóquei reclamou e o Rio tem tentado encontrar uma solução. Para o rúgbi, o Engenhão é uma das alternativas – a única divulgada até agora pelo comitê organizador. Segundo o Rio-2016, outras opções foram apresentadas à entidade que controla a modalidade, mas o comitê não quis revelá-las.

Leia também:

Maria Silvia Bastos Marques: ‘O Rio inteiro vai ser sacudido’

Trauma do Pan alerta a Rio-2016 contra os micos olímpicos

Londres, estrondoso sucesso, se despede, ‘feliz e gloriosa’

Nuzman garantiu que a definição não passa de fevereiro, quando acontece a próxima reunião da comissão de organização do Comitê Olímpico Internacional (COI) no Rio, prevista para uma semana depois do Carnaval. Ele descartou uma possível transferência das provas de vela da Baía de Guanabara para Búzios, reivindicação feita pelo velejador Ricardo Winicki, o Bimba, que já disputou quatro edições de Jogos Olímpicos e reclamou da poluição nas águas do Rio. “Os Jogos vão ser todos na cidade do Rio”, garantiu Nuzman, ignorando o fato de que que algumas partidas de futebol serão disputadas em outras cidades do país.

(Com Estadão Conteúdo)