Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Nunca estive fora dos 11’, diz Emerson, de novo titular do Timão

A busca pela titularidade do Corinthians nunca foi tabu para Emerson. Quando esteve na reserva, como na chegada ao clube ou logo depois de lesões, ele sempre pareceu ciente de que voltaria ao time uma hora ou outra – como ocorreu agora. Único jogador a disputar os oito últimos compromissos da equipe, seja iniciando ou entrando ao longo dos 90 minutos, ele trata o assunto com muita naturalidade.

‘Nunca deixei de estar entre os 11 (titulares), mesmo jogando no chamado mistão’, disse o sempre espontâneo atacante. ‘Trabalho com o Tite há algum tempo, já sei do caráter e do profissionalismo dele, e então procuro seguir o que ele fala, porque é o que vai acontecer. Eu me dediquei, me entreguei, e ele entendeu que eu teria que voltar. Não é difícil jogar no time titular do Corinthians. É só fazer o dever de casa certinho, que tem um cara que olha de maneira igual para todos’.

Emerson foi afastado para se recuperar de pubalgia após a estreia do Corinthians na Copa Libertadores, em 15 de fevereiro, no empate por 1 a 1 com o Deportivo Táchira. Voltou três semanas depois, na reserva, e começou jogando apenas nos compromissos pelo Campeonato Paulista, nos quais a formação titular era preservada. O retorno de vez à equipe foi só no clássico de 25 de março contra o Palmeiras. Desde então, não saiu mais, engatando outras duas partidas entre os 11 iniciais.

‘Fui feliz de fazer duas ou três partidas boas nesse período (de time misto no Paulistão). Estou extremamente feliz com isso e vou buscar me dedicar cada vez mais nos treinamentos, porque o Tite é um técnico que olha muito os treinamentos também’, justificou o Sheik, com vaga assegurada para o duelo de domingo, com o Paulista, no Pacaembu.

Se continuar em alta, na quarta-feira que vem ele também voltará a ser titular na Libertadores, o que não acontece desde a primeira rodada do torneio. O próximo oponente será o Nacional, do Paraguai, na Ciudad del Leste. Um empate, suficiente para classificar o Corinthians à próxima fase, não é o objetivo da equipe. Para o atacante, a intenção é vencer mesmo fora de casa.

‘Temos que fazer nossa parte, não adianta ficar esperando resultados. Vamos buscar a vitória, como tem acontecido em todos nossos jogos, já que o objetivo é se classificar em primeiro do grupo’, concluiu Emerson, lembrando que o mexicano Cruz Azul lidera com os mesmos oito pontos do Corinthians, mas tem um jogo a mais.