Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Novo processo para voluntários da Copa tem 8.370 inscritos

Fifa quer diversificar o perfil dos 15.000 que serão escolhidos para o torneio

Por Da Redação 11 set 2013, 16h37

O programa de voluntários da Fifa para a Copa de 2014, no Brasil, teve 8.370 candidatos inscritos de 84 países, nas primeiras 48 horas de reabertura do prazo de inscrição, informou nesta quarta-feira a entidade. Na primeira possibilidade de se candidatar, no ano passado, 130.919 solicitaram vagas. Na segunda-feira, o processo foi reaberto para diversificar o perfil dos 15.000 voluntários que serão escolhidos para o Mundial.

Leia também:

​Ser ou não ser voluntário em Copa e Olimpíada no Brasil?

Por ‘diversidade’, Fifa estende inscrições para voluntários

AS INSCRIÇÕES PARA A COPA

Requisitos: Ter mais de 18 anos; ficar disponível por 20 dias corridos no período do evento; estar disposto a trabalhar até 10 horas por dia

O que é oferecido: Alimentação, uniforme e transporte (dentro da cidade-sede)

Continua após a publicidade

O que o voluntário não ganha: Remuneração, hospedagem e transporte até a cidade-sede

Onde preencher a ficha: No site oficial da Fifa, em português

Prazo para as inscrições: A Fifa já recebeu mais de 100.000 inscrições e só manteve as inscrições abertas porque quer mais “diversidade” entre os candidatos. O processo pode ser encerrado a qualquer momento

Quantas vagas estão disponíveis: Entre 15.000 e 18.000 pessoas serão selecionadas para 2014; 7.000 trabalharam na Copa das Confederações

O principal interesse da Fifa é contar com voluntários que falem outros idiomas, especialmente inglês e espanhol, além de portadores de necessidades especiais, idosos, estrangeiros e brasileiros que vivem em outras cidades que não são sedes da Copa de 2014. Os voluntários receberão uniforme e ajuda para alimentação durante a competição, mas a Fifa não pagará alojamento nem transporte de seus países de origem.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Nesta segunda etapa, das 8.370 inscrições, 810 foram de candidatos de fora do Brasil, com destaque para a Colômbia, com 132 inscritos. Rússia (61), México (57), Estados Unidos (53), Argentina (49), Espanha (24), Alemanha e Peru (22), aparecem em seguida. Na primeira etapa, os colombianos também foram destaque entre os estrangeiros, com 908 inscrições, seguidos por 509 argentinos, 504 espanhóis e 500 mexicanos.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade