Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Nova diretoria promete valorizar base do Cruzeiro

Por Da Redação 1 jan 2012, 15h10

Por AE

Belo Horizonte – O Cruzeiro passa a ter nova diretoria a partir deste domingo. No primeiro dia do ano, Gilvan de Pinho Tavares, que já comandava o clube celeste desde o dia 17 de dezembro, assume oficialmente a presidência para um mandato de três anos. Entre as metas da nova diretoria está a maior valorização das categorias de base do Cruzeiro.

O segundo vice-presidente, Márcio Rodrigues, será o responsável por cuidar das categorias de base, enquanto Gilvan e o primeiro vice-presidente, José Maria Fialho, vão responder pelo futebol profissional do clube. Eles prometem manter o trabalho já desenvolvido por Zezé Perrella, do mesmo grupo deles. “A diretoria anterior sempre apoiou muito e não será diferente com esta nova gestão. Tenho certeza que teremos muitas alegrias com a base do Cruzeiro”, diz Fialho.

De acordo com o primeiro vice-presidente, o Cruzeiro tem aproveitado bem os jogadores que revela em suas categorias de base. “Fico chateado quando vejo comentários que nós não revelamos jogadores para o profissional. Isso não é verdade. Basta observar quantos atletas temos no profissional do Cruzeiro e de outras equipes. Então vamos continuar trabalhando e este será um dos nossos projetos, observar mesmo e dar mais oportunidades a essa garotada”, salientou.

O discurso, porém, difere da realidade. O único jogador da base celeste a ser titular regularmente no Brasileirão foi Diego Renan, que atuou em 19 partidas – foi a terceira temporada dele como profissional. O goleiro Rafael (6 jogos), o volante Élber (11 jogos), e o atacante Sebá (7 jogos) foram dos poucos a receber oportunidade. O clube, porém, tentaenvolver este em uma troca com Walter, do Porto (Portugal). A principal revelação de clube nos últimos anos, o atacante Thiaguinho, craque do Campeonato Brasileiro Sub-20 de 2010, passou 2011 emprestado ao Goiás.

Até aqui o Cruzeiro já contratou sete reforços para a próxima temporada: Gilson, Amaral (ambos do América-MG), Mateus (Portuguesa), Thiago Carvalho (Boa), Rudnei (Ceará), Diego Arias (PAOK-GRE), Marcelo Oliveira (Corinthians) e reintragrará o lateral Marcos, que estava emprestado ao Bahia. Por outro lado, perdeu Fabrício para o São Paulo, emprestou Sandro Manoel para o Santa Cruz e não renovou os empréstimos de Vitor (Palmeiras), Naldo (Ponte Preta) e Charles (Lokotomiv Moscou-RUS).

Continua após a publicidade
Publicidade