Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nos carros, o branco nunca sai de moda, diz pesquisa

Estudo mostra que a cor segue no topo da preferência dos consumidores

A cor externa é fator de decisão de compra para 77% dos consumidores e proprietários de carros de luxo, esportivos e utilitários esportivos

O branco continua na moda – pelo menos na indústria automobilística mundial. A cor é a mais popular do setor automotivo, segundo pesquisa anual realizada pela PPG Industries e que teve seus dados revelados recentemente. O resultado repete o da pesquisa de 2011. Em âmbito global, o branco lidera com 22% dos automóveis produzidos, seguido pelo prata, com 20%. Preto (19%), cinza (12%), vermelho (9%), bege (8%), azul (7%), verde (2%) e outras cores (1%) vêm em seguida e completam a lista.

Leia também:

As últimas informações sobre lançamentos, recall, test drives e mercado

Toyota Prius: bom para o ar, melhor ainda para a imagem

Por que os carros são tão caros no Brasil

“A cor é uma das primeiras características notadas em design de produto, e é cada vez mais utilizada em produtos de uso diário, desde telefones celulares a aparelhos de grande porte, com base, sobretudo nas tendências automotivas”, explicou Jane Harrington, gerente de Cor, Estilo e Revestimentos da OEM, fabricante de equipamentos originais para automóveis.

De acordo com a especialista, “a gama de cores desenvolvida para o segmento automotivo é influenciada pela cultura, natureza, moda e até design de interiores, além, é claro, das novas tecnologias de pigmentos”. Ainda de acordo com o estudo da PPG, na América do Norte, o branco lidera com 21% do mercado, seguido pelo preto (19%), prata e cinza (16% cada uma), vermelho (10%), azul (8%), bege (7%) e verde (3%). Na Europa, o branco também lidera com 21%, seguido pelo cinza (17%), prata (13%), azul, vermelho e naturais (7%), outras cores (3%) e verde (2%).

Leia também:

Todas as novidades do Salão do Automóvel de São Paulo 2012

Carros-conceito: o que vai estar nas ruas só no futuro

Hyundai HB20 terá nove versões: de 32.000 a 48.000 reais

Na região Ásia-Pacífico, prata e branco empatam (com 23% cada um). Preto (19%), bege (10%), vermelho (9%), cinza (8%), azul (7%) e verde (1%) completam a lista. Uma pesquisa realizada no ano passado revelou que a cor externa é fator de decisão de compra para 77% dos consumidores e proprietários de carros de luxo, esportivos e utilitários esportivos. Eles agregam maior valor aos seus veículos quando a cor do automóvel é a da sua preferência.

Leia também:

Ferrari, Mercedes, Audi, Viper, Porsche, BMW… um show de esportivos no Salão de SP

Test drive: o novo EcoSport, todo novo mesmo, e bem melhor

Mini Cooper S Roadster: o prazer de dirigir sem capota