Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No Vaticano, San Lorenzo oferece troféu e camisa ao papa

Campeão argentino viajou a Roma para comemorar a conquista com Francisco

Uma delegação do San Lorenzo ofereceu nesta quarta-feira ao papa Francisco, torcedor da equipe, uma camisa personalizada e uma réplica do troféu conquistado pelo clube no fim de semana, na decisão do Torneio Inicial do Campeonato Argentino. Jogadores, cartolas e integrantes da comissão técnica conseguiram conversar com o pontífice no fim da audiência geral realizada nesta quarta-feira na Praça de São Pedro, no Vaticano. Francisco se empolgou ao ver os atletas e comemorou o título levantando a taça. A camisa comemorativa entregue pela delegação nesta quarta tem nas costas o nome Francisco e a inscrição “Campeão do Torneio Inicial 2013”. O papa parabenizou todos os integrantes da comitiva pela conquista, que encerrou um jejum de títulos da equipe.

Leia também:

Enfim campeão, San Lorenzo viaja para festejar com papa

Novak Djokovic segue o papa e vira sócio do San Lorenzo

Time do papa transforma Francisco em seu novo ‘craque’

Fã de futebol, papa acumula coleção invejável de camisas

Segundo informou a embaixada da Argentina em Roma, a delegação do clube contou com seu presidente, Matías Lammens, o vice, Marcelo Tinelli, o diretor esportivo, Bernardo Romeo, e os jogadores Sebastián Torrico e Mauro Cetto. A equipe conquistou o Torneio Inicial graças a um empate com o Vélez e quis presentear o papa, que completou 77 anos na terça. Na segunda, depois de ser informado sobre o desfecho da rodada final do campeonato, o papa disse: “Que alegria!”. Quem avisou Francisco sobre o fim do jejum de taças de seu clube do coraçnao foi seu secretário pessoal, monsenhor Fabián Pedacchio. O ex-cardeal Jorge Bergoglio, que já foi arcebispo de Buenos Aires, é sócio do clube. Seu pai o levava ao estádio para ver os jogos da equipe, no bairro de Almagro.

(Com agência EFE)