Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No último teste antes da Euro, Alemanha se recupera de tropeços e bate Israel

Redação Central, 31 mai (EFE).- Derrotada por 2 a 1 pela França em fevereiro e por 5 a 3 pela Suíça no último sábado, a Alemanha conquistou sua primeira vitória no ano ao fazer 2 a 0 contra Israel nesta quinta-feira, na Red Bull Arena, em Leipzig, no último teste da equipe antes da estreia na Eurocopa.

Os alemães terão agora nove dias de treinamentos antes de estrear no grupo B da Euro, contra Portugal. A chave tem ainda Holanda e Dinamarca e por isso é considerada a mais difícil do torneio.

Ao contrário do que aconteceu no sábado, quando foi derrotada na Basileia, a Alemanha entrou em campo nesta quinta com força máxima disponível. O único desfalque do técnico Joachim Löw foi o volante Bastian Schweinsteiger, que sofreu um hematoma na panturrilha na final da Liga dos Campeões e ainda não está recuperado.

Apesar do placar magro, os donos da casa tiveram amplo domínio das ações. O primeiro gol poderia ter saído aos 18 minutos do primeiro tempo, mas a bola parou na trave. Após levantamento, a bola sobrou dentro da área pela direita para Boateng, que limpou a marcação e chutou colocado no poste.

Aos 33, Mario Gómez, que ganhou a disputa com Klose por uma vaga no time titular, recebeu cruzamento de Podolski e, de primeira, bateu rasteiro, tirando tinta da trave do goleiro Harush.

De tanto insistirem, os alemães abriram o placar aos 39 minutos. Depois de bela troca de passes com Khedira e Müller, Gómez ficou na cara do gol e não vacilou.

Embora a seleção anfitriã tenha continuado dominando, o lance mais bonito dos primeiros minutos da etapa final foi de Israel. Aos nove minutos, Vermouth encheu o pé de fora da área e obrigou o goleiro Neuer a dar um belo salto para evitar o empate.

Mesmo com as alterações feitas por Löw, que procurou fazer alguns testes, a Alemanha continuou criando e perdendo chances de gol, algumas delas muito claras. Aos 30, Özil colocou Müller cara a cara com Harush, mas o meia-atacante finalizou mal e mandou para fora.

Até que aos 36 minutos Schürrle, que substituiu Podolski arriscou de longe e acertou o ângulo, marcando um golaço a favor da equipe da casa e ampliando a vantagem. EFE