Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No retorno à Série A, Internacional bate o Bahia por 2 a 0

No dia do aniversário de 37 do ídolo argentino D'Alessandro, atacante uruguaio Nico López saiu do banco e marcou os dois gols do time gaúcho

A festa pelos 37 anos do meia D’Alessandro não poderia ter sido melhor para o torcedor do Internacional. No retorno à elite do Campeonato Brasileiro após disputar a Série B ano passado, e no dia do aniversário do ídolo argentino, o time gaúcho correspondeu e derrotou o Bahia por 2 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela rodada inicial do torneio. O grande destaque da tarde foi o uruguaio Nico López, que saiu do banco de reservas para marcar duas vezes.

A expectativa era alta para a volta do time gaúcho à elite, mas logo aos cinco minutos o técnico Odair Hellmann teve que mexer no time, colocando Nico López na vaga de Rossi, que sofreu uma lesão muscular. A troca, no entanto, deu certo. Os donos da casa ganharam mobilidade com as constantes trocas de posições entre o uruguaio e William Pottker, tendo o domínio de jogo.

Em meio às dificuldades para sair jogando, o Bahia conseguiu criar a primeira chance de perigo em bate-rebate após cobrança de lateral. Também pelo jogo aéreo, os gaúchos responderam em testada de Rodrigo Moledo, que passou por cima, bem perto da meta.

De tanto insistir, o Inter conseguiu abrir o placar aos 37 minutos. Depois de rápida troca de passes, D’Alessandro acionou Patrick. O volante levantou de perna esquerda e encontrou Nico López, que antecipou a marcação e desviou de cabeça para as redes.

Pouco antes do intervalo, o aniversariante teve a chance de ampliar depois de ficar com a bola após dividida entre Pottker e o goleiro, mas acabou mandando para fora.

O Bahia voltou do intervalo com Junior Brumado no ataque e em busca do empate. Os visitantes, no entanto, acabaram se desorganizando na marcação e deixaram espaços. Logo no começo da segunda etapa, D’Alessandro e Nico López tiveram boas chances, mas acabaram exagerando na força e erraram o alvo.

Em outra boa troca de passes, o Inter marcou o segundo gol. Edenílson recebeu de Nico López e devolveu de primeira, por cima da defesa, deixando o uruguaio na cara do gol. O atacante manteve o sangue frio e finalizou sem chance para Douglas.

Sem perder o ritmo, os gaúchos tiveram oportunidade para ampliar com Patrick. O meio-campista recebeu de D’Alessandro, exagerou na força e mandou para fora. Para coroar a estreia e o dia de festa, o argentino foi substituído, sendo bastante aplaudido pelos torcedores – mais de 22 mil estiveram presentes ao Beira-Rio.

O Inter volta a campo pelo Brasileirão apenas no domingo que vem, quando encara o Palmeiras, às 16 horas, no Pacaembu. Na quinta-feira, no entanto, encara o Vitória, às 19h15, no Barradão, pela Copa do Brasil. O Bahia joga contra o Santos no próximo sábado, às 16 horas, na Fonte Nova, em Salvador.