Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No Mogi, Felipe se diz ansioso por volta ao Palmeiras

Por Daniel Akstein Batista

São Paulo – O meia Felipe teve um dia diferente na tarde de quarta-feira. Seu atual time, o Mogi Mirim, veio até São Paulo para fazer um jogo-treino com o Palmeiras e acabou perdendo por 2 a 1. Mas o atleta de 21 anos pôde se sentir em casa. Ele só espera acabar o Campeonato Paulista para retornar ao clube alviverde.

Felipe está emprestado ao Mogi e o técnico Luiz Felipe Scolari já avisou que espera contar com o jovem jogador. Mas a quarta-feira não foi dia de falar no futuro. “Não toquei no assunto porque ainda não sei se está tudo certo”, disse, sem saber que o Palmeiras já avisou que ele será inscrito na Copa do Brasil. “Fico contente, agora é aguardar.”

Se não falou sobre o que lhe reserva os próximos dias, Felipe ao menos matou saudades do local em que já trabalhou. “Foi legal rever os amigos. Já conhecia alguns jogadores e os seguranças”, contou. “Treinei com o Patrik na base, também falei com o Maurício Ramos e todos os goleiros.”

E Felipe pode não ser o único atleta do Mogi a vestir a camisa alviverde após o Estadual – a diretoria deve contratar também o volante Baraka e o atacante Hernane, esse último o atual vice-artilheiro do Paulistão, com 15 gols. “Seria legal a gente continuar juntos”, falou o meia sobre a possível presença de Hernane no Palmeiras.

Agora, Felipe quer mesmo é se concentrar na decisão do Mogi Mirim: nos próximos dois sábados o time disputa o título do Troféu Campeão do Interior contra o Bragantino. “Vai ser difícil, o Bragantino é um time bem encardido”, avisou. “Mas vamos tentar fazer um bom jogo lá para ter tranquilidade na volta.”