Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

No Mineirão, Atlético-MG vira sobre o Cruzeiro e se classifica para final

Com dois gols do argentino Lucas Pratto, o Galo alcançou uma marca de onze jogos sem perder para o rival

Por Da Redação 19 abr 2015, 18h38

O Atlético-MG se classificou para a final do Campeonato Mineiro ao vencer o Cruzeiro de virada, por 2 a 1, no Mineirão. Com dois gols do argentino Lucas Pratto, o Galo chegou a onze jogos sem perder para o rival. O Atlético-MG vai enfrentar na final o time da Caldense, que derrotou o Tombense por 2 a 0. Por ter feito a melhor campanha na primeira fase, a Caldense terá a vantagem do empate diante do Atlético-MG, além de poder jogar a última partida da final em casa.

O Cruzeiro entrou em campo precisando de um empate para se classificar. A Raposa começou o jogo embalada e chegou ao gol com De Arrascaeta, aos 11 minutos do primeiro tempo. A jogada teve início com Willian, que tirou a bola na lateral e cruzou para a área atleticana. O goleiro Victor espalmou, mas o uruguaio estava bem colocando para pegar a sobra e balançar as redes do rival.

Leia também

Palmeiras bate Corinthians nos pênaltis e elimina rival

No Mineirão, Atlético-MG vira sobre o Cruzeiro e se classifica para final

Continua após a publicidade

Vasco vence Flamengo com pênalti duvidoso e vai à final do Carioca

Em desvantagem, o Atlético-MG aproximou Lucas Pratto e Luan da área cruzeirense. Mas o empate só veio aos 9 minutos do segundo tempo, quando Pratto trocou passes com Guilherme até chegar na área e mandou a bola por cima de Fábio. A Raposa ainda sofreu uma dura baixa aos 25 minutos, após Fabiano ser expulso por uma cotovelada dada em Carlos.

Aos 40 minutos, o Cruzeiro reclamou de um pênalti em Leandro Damião, mas o árbitro Héber Roberto Lopes mandou seguir com o jogo. Quatro minutos depois, Pratto virou o placar para o Atlético-MG. O argentino recebeu um cruzamento de Guilherme e cabeceou sem chances para o goleiro.

Caldense – O time de Poços de Caldas entrou com a vantagem do empate pela melhor campanha na primeira fase. Com a partida de ida terminando em 1 a 1, o Tombense precisava apenas de uma vitória simples para se classificar. No entanto, a equipe não conseguiu se impor em campo e viu a Caldense dominar a partida do início ao fim. Com 23 minutos, o líder da primeira fase abriu o placar com Tiago Azulão. Após uma cobrança de escanteio, a bola foi afastada pela zaga, mas sobrou para Rafael Estevem, que cruzou para que o meia cabeceasse em direção ao gol. Aos 13 minutos do segundo tempo, Luiz Eduardo recebeu na entrada da área e ampliou o placar a favor da Caldense. Vencendo por 2 a 0, o time tentou segurar a bola pela maior quantidade de tempo. Enquanto isso, o Tombense não conseguiu criar nenhuma oportunidade.

(Da redação com Gazeta Press)

Continua após a publicidade

Publicidade