Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar versus “Rames”

Nosso pistoleiro Neymar sacará mais rápido e acertará esse Jesse James deles

Vamos deixar por um instante o nosso ufanismo de lado? Combinado? Então tá. A Colômbia tem mais time do que nós. Nem adianta fazer aquela comparação de jogador por jogador. Ela não funciona na vida real. Times se medem por seu funcionamento, não pela qualidade individual de cada atleta. E a Colômbia é mais time do que o Brasil. Também não é necessário que esfreguem estatísticas nas nossas fuças. Ah, a Colômbia venceu quatro partidas, nós apenas duas. A Colômbia fez mais gols, tomou menos, está com o artilheiro da Copa, está bom, já sabemos de tudo isso. A questão toda se resume ao fato de que eles estão jogando más que nosotros.

Leia também:

Siga no Instagram: uma seleção de fotos exclusivas em @vejanoinsta

Felipão escala Paulinho como titular e testa time sem Fred

Árbitro espanhol apitará jogo entre Brasil e Colômbia

Neymar se irrita: “Não estamos aqui para dar espetáculo”

Por isso, los cafeteros são os favoritos para seguir na Copa. Ai, dói dizer isso, mas é a verdade da hora. Na sexta-feira, o Brasil precisará reverter na bola esse favoritismo. Até aqui, tudo concordado. Só não dá para embarcar na onda de que James Rodríguez é o craque da Copa até agora. “Rames”, como os colombianos fazem questão de pronunciar, é um baita jogador, só não é o melhor da competição. Perdón, amigos, mas o craque é o Neymar. O jovem canhotinho colombiano tem um time inteiro para ajudá-lo. Neymar tem um time inteiro para carregar nas costas.

Rames já marcou cinco gols, deu passe, foi decisivo. Neymar tem um gol a menos e outras coisas a mais. O brasileiro é o responsável direto pela classificação do Brasil. Neymar, é verdade, demonstra uma certa inconstância em suas atuações. Em uma partida, joga muito bem. Na outra, é espetacular. Contra o Chile, tomou uma pancada daquelas incapacitantes. Jogadores normais precisam sair de campo quando tomam “paulistinhas” ou “tostões”, nomes nada técnicos do edema muscular causado pela bordoada. Só que Neymar incapacitado é mais capaz do que qualquer reserva. Ele ficou em campo e protagonizou as melhores jogadas brasileiras, além de bater o pênalti decisivo.

Se na sexta-feira a disputa ficar entre o conjunto da Colômbia e o conjunto brasileiro, sinto muito, eles passarão e nós passarinho. Mas se tivermos um duelo estilo velho oeste, um contra um, podem ter certeza de que nosso pistoleiro Neymar sacará mais rápido e acertará esse Jesse James deles.

COMO FAZER O DOWNLOAD DAS REVISTAS – Para quem já é assinante de VEJA para tablets e iPhone, nada muda. Para os outros, basta baixar o aplicativo de VEJA ou acessar o IBA, a banca digital da Editora Abril.