Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar pede paciência à torcida após vaias no início

Melhor jogador da seleção brasileira na goleada sobre o Panamá por 4 a 0, o atacante disse que pode melhorar seu condicionamento físico até a Copa

Após um começo ruim da seleção brasileira na goleada por 4 a 0 sobre o Panamá, nesta terça-feira, em Goiânia, o time precisou da habilidade de Neymar para iniciar uma reação que empurrasse o Brasil (e a torcida) na partida. Depois do jogo, o camisa 10 da seleção – o melhor em campo – questionou algumas vaias dos torcedores no começo da partida. “Vou pedir um pouco mais de paciência para nossa torcida. A gente não está acostumado com esse campo. Depois, o time foi pegando ritmo e a gente melhorou”, disse, na saída do gramado.

Leia também:

Neymar incendeia o time e dá show na goleada da seleção

Já virou rotina: atrás da seleção, o cordão dos oportunistas​

No primeiro ensaio para Copa, Brasil promete jogo quente

À procura do espírito de 2013, Felipão já mexe na escalação

Por política, a seleção revisita o seu passado em Goiânia​

Mesmo com atuação decisiva, marcando gol, dando assistência para Hulk anotar o dele e criando jogadas com belos dribles, Neymar garantiu que pode render mais fisicamente. “Não estou pronto ainda, falta um pouco de ritmo de jogo. Eu cansei um pouco no final e estou buscando melhorar isso nos treinos. Aos poucos, a gente vai conseguindo a forma física ideal.” O atacante, que sofreu e cometeu algumas faltas mais duras, reconheceu que as discussões com os jogadores panamenhos acabaram com o apito final. “Os caras chegam junto, mas faz parte do futebol. Depois da partida, dei um abraço no jogador com quem eu discuti.”

(Com Estadão Conteúdo)