Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar, Messi e Suárez marcam e Barça vence Atlético

Atacantes sul-americanos voltam a se destacar e mantêm equipe catalã firme na briga pelo título do campeonato espanhol

O Barcelona conseguiu aliviar a crise iniciada no último fim de semana e voltou a agradar sua torcida ao vencer o atual campeão Atlético de Madri por 3 a 1, no Camp Nou, em partida válida pela 18.ª rodada do Campeonato Espanhol. Assim como aconteceu na partida do meio de semana contra o Elche, Neymar, Lionel Messi e Luis Suárez demonstraram ótimo entrosamento e marcaram para a equipe catalã. O croata Mario Mandzukic descontou para o Atlético. O Barcelona segue em segundo no campeonato com 41 pontos, um a menos que o líder Real Madrid. O Atlético é o terceiro, com 38 pontos.

Leia também:

Chelsea oferece R$ 810 milhões para ter Messi, diz jornal

Neymar separou briga entre Messi e técnico, diz jornal

Em crise no Barcelona, Messi começa a seguir o Chelsea no Instagram​

Messi, um gênio em campo. E muito mimado

A boa atuação do Barcelona fez com que as mudanças na diretoria e a suposta crise de relacionamento entre o técnico Luis Enrique e o craque Messi ficassem em segundo plano. A equipe anfitriã foi superior desde o início e marcou o primeiro aos 11 minutos: Messi tabelou com Daniel Alves, deu lindo drible em Godín e cruzou para Suárez. O uruguaio tentou o domínio com a coxa e perdeu o controle da bola, mas a sobra ficou com Neymar, que aproveitou a furada de Juanfran e chutou para as redes.

O gol não diminuiu o ritmo do Barcelona, que criou chances e marcou o segundo aos 34 minutos em uma jogada controversa. Messi arrancou da ponta direita até a área antes de passar para Suárez completar com facilidade. Os jogadores do Atlético reclamaram de um toque de mão do argentino no início da jogada, mas o árbitro não marcou.

Com a desvantagem, o Atlético voltou mais ofensivo para o segundo tempo e diminuiu em outra jogada discutível: Jesús Gámez invadiu a área pela esquerda, tentou o corte e levou um leve toque de Messi. O espanhol caiu no gramado e o árbitro deu pênalti, que Mandzukic converteu com um chute no meio do gol. Recém-contratado, o atacante Fernando Torres entrou, mas novamente pouco tocou na bola. O Barcelona, então, selou a vitória aos 42 minutos. Messi recebeu pela direita e tabelou com Rakitic. A zaga do Atlético falhou mais uma vez e a bola sobrou para o argentino tocar no canto esquerdo de Moya.

(Com Estadão Conteúdo)