Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Neymar já o terceiro melhor do mundo, diz Muricy

Por Da Redação 15 nov 2011, 16h50

Por Sanches Filho

Santos – Uma semana depois do atacante Neymar surpreender com o anúncio de que ficará no Santos até a Copa de 2014, o técnico Muricy Ramalho ainda comemora a permanência do jovem astro no elenco santista e prevê que tal decisão terá reflexos positivos imediatos, inclusive para que a outra estrela do clube, o meia Paulo Henrique Ganso, também possa adiar o sonho de jogar na Europa para ficar mais algum tempo na Vila Belmiro.

“A permanência de Neymar é importante para o Ganso, para mim e para todos quererem ficar mais tempo no Santos”, disse Muricy, em entrevista nesta terça-feira para o SporTV. Ele também lembrou que Neymar e Ganso estão sempre juntos, tratam-se como irmãos e que agora, com a permanência do atacante, o meia terá um forte motivo para também ficar no Santos. A diretoria santista, inclusive, promete procurá-lo em janeiro para fazer um novo contrato.

Com a decisão de ficar no Santos, Muricy acredita que Neymar será campeão com a seleção brasileira na Copa de 2014 e que se tornará o número 1 do mundo. “Hoje já está entre os melhores, mas o correto é ele ser o terceiro do mundo. Messi é o primeiro, Ronaldo português, o segundo e depois vem ele. Neymar é gênio. Faz coisas nos jogos e nos treinos que nem ele acredita. Há muitos e muitos anos não surgia um jogador tão diferente como ele”, analisou o treinador.

Neymar, inclusive, está entre os 23 indicados pela Fifa ao prêmio de melhor jogador do mundo em 2011, juntamente com Messi e Cristiano Ronaldo. Após votação com técnicos, atletas e jornalistas, os três finalistas serão conhecidos no dia 5 de dezembro. E o grande vencedor será anunciado em 9 de janeiro, em cerimônia em Zurique, na Suíça.

Para Muricy, Neymar acertou em cheio ao decidir ficar no Brasil. Ele acredita que, embora seja um craque, o garoto de apenas 19 anos poderia enfrentar dificuldade com a adaptação na Europa, porque teria que atuar numa posição fixa e ainda voltar para ajudar na marcação. “No Santos e na seleção, ele tem total liberdade do meio para frente”, argumentou.

Além disso, Muricy acha que, apesar de ter evoluído muito nos últimos meses, o jovem atacante ainda está em formação. “Neymar está só com 19 anos e ainda tem muito a aprender. O importante é que ele escuta as pessoas e é educado”, afirmou Muricy, que já é fã declarado do garoto, a principal arma do seu time.

Continua após a publicidade
Publicidade