Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar ganha mais um prêmio e lamenta ausência de Suárez na Bola de Ouro

Eleito o melhor jogador da América na liga espanhola, brasileiro gostaria que trio de ataque do Barcelona estivesse completo na premiação de Zurique

Neymar segue em ascensão no futebol europeu. No mesmo dia em que foi indicado pela primeira vez à Bola de Ouro da Fifa, o atacante brasileiro foi premiado na noite de gala do futebol espanhol, nesta segunda-feira, em Barcelona. Neymar foi eleito o melhor jogador das Américas na liga espanhola, superando os companheiros Lionel Messi e Luis Suárez, e o rival James Rodríguez, em votação popular.

Leia também:

Indicação de Neymar à Bola de Ouro rende R$ 8 mi ao Santos

Neymar é finalista da Bola de Ouro pela 1ª vez

Barcelona e Real Madrid, rivais históricos também na Bola de Ouro

O campeão Barcelona ficou com cinco dos nove prêmios, dois a mais que o Real Madrid. O prêmio mais importante da noite, o de craque do campeonato, foi para Messi, que também é favorito a receber a Bola de Ouro, na cerimônia de 11 de janeiro de 2016, diante de Neymar e Cristiano Ronaldo.

Durante a premiação, Neymar se disse honrado de estar entre os finalistas do prêmio individual mais importante do futebol, mas lamentou que seu colega uruguaio Luis Suárez não tenha entrado na lista no lugar de Cristiano. “Faltou o Suárez, eu esperava por ele. Mas, para mim, é um dos dias mais felizes da minha vida”, disse Neymar, vestindo chapéu e um terno estiloso na premiação.

“Acredito que todos os indicados trabalharam bem, mas acho que o Barça poderia ter ganhado mais. Estou muito feliz pelo meu prêmio e pelo de Messi também”, concluiu o brasileiro, atual artilheiro do Campeonato Espanhol, com 14 gols em 13 rodadas.

Os premiados da liga espanhola 2014/2015

Melhor jogador: Lionel Messi (Barcelona)

Melhor goleiro: Claudio Bravo (Barcelona)

Melhor defensor: Sergio Ramos (Real Madrid)

Melhor meio-campo: James Rodríguez (Real Madrid)

Melhor atacante: Lionel Messi (Barcelona)

Melhor treinador: Luis Enrique (Barcelona)

Melhor jogador americano: Neymar (Barcelona)

Melhor jogador africano: Sofiane Feghouli (Valencia)

Jogador da torcida: Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

(da redação)