Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar é, novamente, alvo de racismo em jogo do Barcelona

Antes de a bola rolar no Power 8 Stadium, em partida contra o Espanyol, parte da torcida entoou cânticos racistas contra o brasileiro, que não reagiu

O jogador de futebol Neymar Jr. foi vítima de racismo no jogo entre Barcelona e Espanyol, neste sábado, segundo o ex-dirigente do Barcelona Toni Freixa. Em post no Twitter, ele escreveu em catalão: “Espero que os gritos racistas a Neymar sejam registrados na ata da arbitragem”. Segundo correspondente da ESPN em Barcelona, antes de a bola rolar no Power 8 Stadium, parte da torcida entoou cânticos racistas contra o brasileiro, que não reagiu aos insultos.

O jogo do Campeonato Espanhol é um clássico catalão e terminou em empate, 0 a 0. Esta não é a primeira vez que o jogador Neymar sofre com racismo. Em março de 2014, a torcida do Espanyol jogou uma banana no gramado em direção ao Barcelona.

Em 2014, Neymar Jr. e Daniel Alves foram vítimas de racismo na final da Copa do Rei, entre Barcelona e Real Madrid. O caso fez com o que o pai do jogador, Neymar da Silva Santos procurasse a agência Loducca, que lançou a polêmica campanha #somostodosmacacos.

Outro caso de racismo no futebol foi o sofrido pelo goleiro Aranha, então do Santos, clube que deixou em 2015. O jogador foi chamado de macaco durante partida. Aranha recebeu manifestações de apoio de todo o Brasil, e a repercussão do caso levou ao indiciamento dos torcedores que o insultaram.

Leia mais:

Apressadinho: James Rodríguez foge da polícia a 200 km/h

Atlético-PR desiste de Walter: peso e amor a outro clube irritaram diretoria

(Com Agência Brasil)