Clique e assine a partir de 9,90/mês

Neymar completa 20 anos e marca centésimo gol de sua carreira

Por Da Redação - 5 fev 2012, 20h45

São Paulo, 5 fev (EFE).- Neymar, cobiçado por Real Madrid, Barcelona e outros grandes clubes do mundo, completou neste domingo 20 anos e marcou o centésimo gol de sua carreira na derrota do Santos por 2 a 1 para o Palmeiras pelo Campeonato Paulista.

Foi o primeiro gol da partida e a festa poderia ter sido completa para a grande revelação do futebol brasileiro se Fernandão não empatasse quando faltavam dois minutos para o final e Juninho, já nos acréscimos, decretou a vitória do Palmeiras.

No primeiro tempo, embora não tenha chutado a gol nem uma vez, Neymar criou algumas situações de perigo que foram depois desperdiçadas por seus companheiros Paulo Henrique Ganso ou Borges, que não estavam com boa pontaria.

Aos 25 minutos do segundo tempo, chegou o presente que o jogador esperava. Um passe de Ganso o encontrou sozinho na área e Neymar cabeceou para superar o goleiro adversário e levantar um grito de gol seguido de um ‘feliz aniversário’ entoado por toda a torcida do Santos.

Neymar de Silva Santos Júnior soma agora 82 gols com o Santos, oito com a seleção brasileira principal, nove com a Sub-20 e um com a Sub-17.

Continua após a publicidade

Seu primeiro gol como profissional foi no dia 15 de março de 2009, em seu segundo jogo em tal condição, e abriu o caminho para a vitória do Santos por 2 a 1 contra o Oeste, pelo Campeonato Paulista.

O jogador não marcava desde o dia 14 de dezembro, quando colaborou com um golaço na vitória do Santos por 3 a 1 sobre o Kashiwa Reysol japonês, nas semifinais do Mundial de Clubes, em cuja final a equipe brasileira foi goleada por 4 a 0 pelo Barcelona.

Neymar, que quase não tocou na bola na final, foi eleito o terceiro melhor jogador do torneio, atrás dos barcelonistas Lionel Messi e Xavi Hernández.

Em dezembro também foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro e também ganhou o prêmio ‘Rei da América’, do jornal uruguaio ‘El País’ dado ao jogador mais destacado do continente.

Há um mês, a Fifa lhe deu o prêmio ao gol mais bonito de 2011, que marcou contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro.

Apesar das milionárias ofertas feitas por vários clubes, sobretudo pelo Real Madrid, Neymar decidiu permanecer no Santos, com o qual renovou seu contrato no ano passado até 2014, quando o Brasil será sede da Copa do Mundo. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade