Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar celebra tricampeonato e ouve cobrança de Marin

Por Daniel Akstein Batista

São Paulo – Principal personagem do tricampeonato paulista do Santos, garantido neste domingo, com a vitória por 4 a 2 sobre o Guarani, Neymar não escondeu a alegria pela marca. Esta é apenas a primeira vez que uma equipe consegue três títulos da competição de forma consecutiva desde 1969, quando Pelé liderou o próprio clube da Vila Belmiro à façanha.

“É legal alcançar uma marca que craques como Pelé fizeram. Estamos chegando perto de tudo que eles conseguiram. Não só eu, mas todo mundo do grupo”, declarou o atacante após a partida.

Esta, aliás, foi uma das poucas palavras ditas por Neymar depois da vitória. Perseguido por quase todos os repórteres em campo, o craque se divertiu “driblando” a imprensa, fugindo dos flashes e dos microfones. Ele ainda deu um jeito de burlar a segurança e colocar sete amigos, que estavam nas arquibancadas, em campo.

Mas nem mesmo em um momento de festa como este Neymar escapou de cobranças. Poucos minutos após o apito final, ele foi cumprimentado pelo presidente da CBF, José Maria Marin, que pediu que o atacante ajude a conquistar o título da Olimpíada de Londres. “Ele (Marin) pediu pra trazer a Olimpíada e eu falei: �pode deixar�”, comentou o craque.

O próprio presidente admitiu a cobrança. “O Neymar sabe que ainda não temos essa medalha e ele falou que eu podia confiar que eles vão trazer o título para o Brasil”, declarou. “Estou emocionado pelo compromisso. Ele me abraçou e falou: �nós vamos trazer o titulo olímpico.� Tenho certeza que ele e seus companheiros vão trazer esse ouro pro Brasil”, completou.

Peça fundamental no Santos e na seleção brasileira, Neymar tem mostrado em campo que ainda evoluindo, e já convive com as comparações com outro atacante que fez história no time da Vila Belmiro e pela seleção. “Neymar é o Pelé de agora”, declarou o governador de São Paulo e torcedor do Santos, Geraldo Alckmin.