Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Neymar admite: seleção deixou a desejar contra a Bósnia

Por Da Redação 1 mar 2012, 08h00

Os jogadores da seleção brasileira que atuam no futebol nacional desembarcaram no Brasil na madrugada desta quinta-feira depois da vitória por 2 a 1 sobre a Bósnia, na última terça-feira, na Suíça. O grupo foi dividido em dois: Neymar, Ganso, Lucas, Rafael e Leandro Damião vieram para São Paulo, enquanto Ronaldinho Gaúcho e Dedé aterrisaram no Rio de Janeiro.

Principal nome do ataque brasileiro, o santista Neymar admitiu que o desempenho diante dos bósnios ficou aquém do esperado. Mesmo com o técnico Mano Menezes à frente do time nacional desde agosto de 2010, o jogador deixou claro que a equipe ainda precisa evoluir bastante para adquirir consistência.

“O grupo está mudando, isso é normal. Tenho certeza que a seleção vai pegar uma identidade aos poucos, jogando junto”, disse o jogador, que elogiou o desempenho da Bósnia em St. Gallen. “A seleção da Bósnia não é um time qualquer. Eles têm jogadores de muita qualidade. O jogo foi difícil, mas conseguimos aproveitar mais esse amistoso. O importante foi ter vencido”, disse Neymar.

Vinda de seis vitórias consecutivas, contra Argentina, Costa Rica, México, Gabão, Egito e Bósnia, a seleção brasileira volta a jogar no dia 26 de maio, em amistoso contra a Dinamarca, em Hamburgo. Quatro dias depois, o rival será os EUA, em Washington.

(Com agência GazetaPress)

Continua após a publicidade
Publicidade