Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Neymar admite dores no tornozelo, mas garante presença na final

O jovem craque Neymar, que abriu o placar com um golaço na vitória por 3 a 1 do Santos sobre o Kashiwa Reysol nesta quarta-feira, pelas semifinais do Mundial de Clubes, queixou-se de dores no tornozelo, mas declarou que a lesão não o impedirá de disputar a decisão.

Aos 33 minutos do primeiro tempo, 14 minutos após seu gol, Neymar teve que ser atendido pela equipe médica após ter se chocado com o companheiro de equipe Henrique, mas voltou ao gramado e disputou a partida até o fim.

“Incomodou bastante, mas vou fazer o possível para me recuperar. Estarei na final”, declarou o atacante.

Torcedores do mundo inteiro esperam vê-lo em ação no domingo para protagonizar um grande duelo de craques com o argentino Lionel Messi, do Barcelona, que ainda precisa carimbar sua vaga para a decisão ao disputar sua semifinal nesta quinta-feira diante do Al-Saad, do Qatar.

Neymar também falou sobre seu gol, no qual recebeu um passe do outra grande promessa do Santos, o meia Paulo Henrique Ganso, se livrou de um marcador e balançou as redes com um lindo chute por cobertura no canto do goleiro adversário.

“Eu ia chutar para o gol, mas vi o adversário vindo rápido e resolvi mudar no improviso. Tive sorte, às vezes entra, às vezes não”, relatou.

Assim como seu técnico Muricy Ramalho, Neymar não acredita numa zebra do Al-Saad nesta quinta-feira e já se projeta para enfrentar o Barcelona.

“Até então pensamos mais na partida de estreia, que nunca é fácil. Mas a partir de agora, já podemos pensar no Barcelona. É um prazer vê-los jogar, de alguma maneira podemos dizer que é a melhor equipe do mundo”, elogiou.

“Sempre sonhei em ser campeão mundial com o Santos e neste domingo terei uma oportunidade muito bonita, espero que vamos aproveitar. Chegamos ao Japão com muita expectativa”, completou