Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ney Franco visita o CFA e se impressiona com estrutura são-paulina

Por Da Redação - 10 jul 2012, 18h33

Apresentado oficialmente na última segunda-feira, o técnico Ney Franco não perdeu tempo e já viajou com membros da diretoria são-paulina para conhecer a estrutura do CFA Laudo Natel. Acompanhado pelo diretor de futebol, Adalberto Baptista, pelo coordenador técnico, Milton Cruz, e pelo assistente técnico, Éder Paixão, o comandante conheceu os funcionários do local e ficou impressionado com o que encontrou em Cotia.

Assim que chegou ao local, Ney Franco foi recepcionado pelo diretor técnico, René Simões, e o gerente de futebol de base, José Geraldo Oliveira, que o conduziram ao seu passeio pelas dependências tricolores. Entusiasmado com o que encontrava pela frente, o treinador fez questão de se cumprimentar o técnico das categorias de base, Sérgio Baresi, e elogiou a forma como o São Paulo vem formando suas jovens promessas.

‘E já tinha escutado muito, ouvido falar sobre Cotia, mas só quando você vem aqui que você vê a dimensão do que é esse CT’, destacou Ney Franco. ‘As impressões que a gente tem é que além da estrutura física, que é excelente, é que não tem coisa igual no país. Sei que os profissionais que estão gerindo e dando alma aqui são de primeira linha, e o São Paulo tem tudo para colher frutos ou revelar jogadores oriundos desse trabalho.’

Antecessor de Ney Franco, Emerson Leão foi duramente criticado durante a passagem pelo Morumbi por ignorar os jogadores formados pelo São Paulo em Cotia. Diferente do antigo treinador, o novo comandante da equipe prometeu que a integração de jovens atletas ao plantel tricolor será uma de suas metas neste ano. O técnico revelou que as promessas terão oportunidades ao longo dos treinamentos dos profissionais e confirmou conversas para saber quais nomes vêm se destacando nos trabalhos feitos no CFA.

Continua após a publicidade

‘O primeiro passo do trabalho que pretendo fazer no clube envolvendo a integração com a base é conhecer as pessoas que estão à frente do trabalho de base. Fiz questão de vir aqui o mais rápido possível e já coloquei na programação um treinamento com a equipe júnior. Vamos começar a conversar com jogadores importantes para que a gente possa fazer uma parceria e auxiliar o clube a realmente revelar ou utilizar os jogadores que estão sendo formados em Cotia’, encerrou.

Publicidade