Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ney Franco encerra semana de ‘intensivão’ para dar sua cara ao time

Ney Franco se apresentou ao São Paulo pedindo para não ser considerado ‘técnico dos jovens’, mas acabou usando um termo comum aos cursinhos preparatórios para vestibulares como definição à sua primeira semana de treinos: intensivão. É neste ritmo que o time se preparou para enfrentar o Palmeiras neste domingo e adquirir o estilo do novo chefe.

‘Tivemos que fazer um intensivão de detalhes do futebol para fazer correções e soluções’, contou o técnico, que usou bastante os seus auxiliares, o assistente Éder Bastos e o preparador físico Alexandre Lopes, para cobrar, principalmente, dinâmica. ‘Estou em um clube que me dá opções de jogar da forma como penso o futebol, com toque rápido, cobrei muito dois toques na bola e os jogadores responderam com técnica e entrega.’

E Ney Franco quer exatamente manter as tradições tricolores. ‘Quero uma equipe técnica, que por coincidência tem as mesmas características da história do São Paulo: técnica, com toque de bola, sabendo se posicionar e equilibrada com ajuste entre ataque e defesa, atacando com contundência com muitos atacantes e na área e sabendo se defender com marcação por pressão ou atrás da linha da bola para explorar contra-ataques. Só faltam ajustes finos entre ataque e defesa.’A evolução só não está garantida já no clássico na Arena Barueri porque Ney Franco, apesar de poder treinar sem nenhuma partida desde terça-feira e trabalhar com portões fechados tanto na quinta-feira quanto neste sábado, sentiu que precisava de mais tempo para implantar seu trabalho.

‘Foi uma semana boa de treinamento, com muita qualidade e envolvimento no jogo. Abordamos aspectos táticos e de posicionamento com e sem a posse de bola e na bola parada sem intensificar o treinamento por causa do tempo e do jogo. E será dessa forma até o final do ano porque teremos sequência de jogo no meio e no fim de semana’, afirmou.

O técnico conhecido por conversar bastante, porém, pôde conhecer melhor seus novos comandados. ‘A semana serviu para interação da comissão técnica com os jogadores e com o clube, saber como tudo funciona. Esperamos colocar em prática no domingo e ter um primeiro sucesso que nos dará credibilidade e confiança’, disse Ney.