Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Giants bate Patriots e conquista o quarto Superbowl

Vitória foi conduzida por Eli Manning, destaque na partida que garantiu o título ao Giants

 

O Lucas Oil Stadium, em Indianápolis (EUA), foi palco de dois shows nesse domingo. Um da cantora Madonna, no intervalo do jogo. Outro de Eli Manning, que comandou o New York Giants a mais uma vitória no Superbowl 46, pelo placar de 21 a 17. O segundo título de Manning e o quarto dos Giants. A vítima foi a mesma do dia 3 de fevereiro de 2008: o New England Patriots, de Tom Brady.

 

Os Pats já haviam sido derrotados pelo time nova-iorquino no Superbowl 42, disputado no University of Phoenix Stadium, no estado do Arizona, por 17 a 14. Na ocasião, o time de Foxborough estava vencendo o jogo até faltarem somente 35 segundos para o fim da partida, mas o irmão de Peyton Manning, que costuma render muito nos últimos quartos, conduziu os Giants a uma campanha de 83 jardas que terminou com touchdown de Plaxico Burress.

Na noite deste domingo, a primeira posse de bola foi do New York Giants que, após uma campanha ofensiva de quase seis minutos, foi obrigado a chutar um punt e devolver a bola para os Patriots.Após o bom chute de devolução do punter Steve Weatherford, Tom Brady foi obrigado a começar a primeira campanha na sua própria linha de seis jardas. Com a pressão da defesa, Brady cometeu uma falta na sua própria end zone, o que caracteriza um safety para os Giants (algo como um gol contra): 2 a 0.

Na segunda vez que os Giants vieram para o ataque, Eli Manning lançou para seu recebedor Victor Cruz, que anotou o primeiro touchdown do jogo: 9 a 0 e a tradicional comemoração dançando salsa na end zone. O primeiro quarto terminou sem pontos para o time de Boston.

Na segunda etapa, Gostkowski anotou um field goal e diminuiu a vantagem nova-iorquina pra 9 a 3. Ainda no final da primeira metade do Superbowl, Bradylançou para Danny Woodhead. Touchdown e vantagem para o New England, pela primeira vez à frente no placar: 10 a 9.

Na volta do intervalo, não demorou muito para o time do marido da modelo brasileira Gisele Bundchen anotar mais sete pontos, após touchdown com recepção de Aaron Hernandez: 17 a 9. Ainda no terceiro quarto, dois field goals para os Giants diminuíram o prejuízo para 17 a 15.

Logo no ínicio do quarto e último período de jogo, Tom Brady tentou lançar uma bola longa e foi interceptado pelo linebacker Chase Blackburn. O turnover renovou as esperanças da equipe nova-iorquina.

Na penúltima campanha de ataque de New England, a equipe ganhava território, mas Wes Welker não conseguiu completar uma recepção que seria crucial para os Patriots, que foram obrigados a devolver a bola.

Aí brilhou a estrela de Eli Manning, que começou a conduzir seu time até o final do campo e a gastar o relógio. E, assim como há quatro anos, a partida foi decidida faltando pouco tempo para o final, com touchdown de Ahmad Bradshaw, que correu para a end zone e colocou os Giants à frente do marcador pela última vez.

Na casa na qual seu irmão Peyton Manning, do Indianapolis Colts, sempre mandou, quem mostrou dessa vez que resolve foi Eli, diante de 70 mil torcedores. Para os que duvidavam do potencial do quarterback do mais novo campeão, algumas respostas foram dadas, inclusive com ele sendo o escolhido o jogador mais valioso (MVP) da noite.