Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

‘Nenhum dos jogadores importantes sairá em janeiro’, diz presidente do Porto

Por Da Redação 1 jan 2012, 13h37

Lisboa, 1 jan (EFE).- O presidente do Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, garantiu que ‘nenhum’ dos jogadores considerados ‘importantes e necessários’ para conseguir os objetivos da equipe sairá em janeiro.

Em entrevista ao ‘Jornal de Notícias’, o dirigente acredita que nenhuma equipe será capaz de desembolsar os 100 milhões de euros da cláusula de rescisão da principal estrela do time, o brasileiro Hulk.

‘Espero que ninguém pague, mas não ficarei admirado se algum dia alguém pagar’, apontou o presidente, que conquistou duas Taças da Europa (1987 e 2004), duas Uefa (2003, 2011) e quase uma vintena de campeonatos nacionais durante seus 30 anos de presidência.

O Porto é líder do Campeonato Português empatado em pontos com o Benfica. A equipe se recuperou recentemente de um fatídico novembro no qual enterrou suas chances de passar de fase na Liga dos Campeões, e foi estrondosamente eliminado pelo Académica de Coimbra na Copa Portuguesa.

Jorge Pinto admitiu que a transferência do atacante colombiano Radamel Falcao ao Atlético de Madri, em agosto, foi uma grande desvantagem ao clube.

‘Todas as pessoas reconhecem que no ano passado a equipe vivia muito de um sistema no qual Falcao era importante. Com a saída do jogador, a equipe teve que ser readaptada’, analisou. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade