Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nenê faz boa atuação, mas não evita 5ª derrota seguida do Denver

Houston (EUA), 10 fev (EFE).- O pivô brasileiro Nenê Hilario e o argentino Luis Scola voltaram a jogar bem em suas respectivas equipes, Denver Nuggets e Houston Rockets, embora os resultados finais mostram que os jogadores tiveram sortes opostas nas últimas partidas da NBA.

Nenê teve uma atuação consistente e até arrancou elogios, mas sua contribuição de 15 pontos não foi suficiente para evitar mais uma derrota do Nuggets. Mesmo jogando em casa, no Pepsi Center, a equipe de Nenê foi derrotada por 101 a 109 para o Golden State Warriors. Essa foi a quinta derrota consecutiva dos Nuggets, a pior sequência da equipe em cinco anos.

O pivô brasileiro, que participou da partida durante 31 minutos, se destacou com 15 pontos e cinco rebotes. Nenê anotou seis de sete arremessos, três lances livres, recuperou duas bolas e deu uma assistência, mas não garantiu a vitória do Denver Nuggets, que vive uma verdadeira crise pela falta de resultados positivos.

A ausência do ala italiano Danilo Gallinari, o principal cestinha da equipe, voltou a fazer falta nos momentos decisivos do jogo, já que ninguém se apresentava para garantir as cestas que o Nuggets necessitava.

Já no caso de Scola, que anotou 16 pontos, a situação foi diferente. A participação do pivô argentino foi fundamental para que o Houston Rockets continuasse no caminho da vitória. Mesmo atuando como visitante, os Rockets bateram o Phoenix Suns por 96 a 89. EFE