Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nem Breno e nem volante: Diretor do São Paulo vê elenco fechado

O técnico Emerson Leão terá apenas um volante de origem à disposição para a 12rodada do Campeonato Paulista, no próximo domingo, diante do XV de Piracicaba. Apesar do panorama desfavorável, o diretor de futebol Adalberto Batista negou que o clube esteja atrás de qualquer reforço para a disputa do Campeonato Paulista.

Com as lesões de Wellington e Fabrício e as suspensões de Casemiro e Denílson, apenas Rodrigo Caio estará disponível para o setor, e mesmo assim pode acabar sendo deslocado para a lateral direita, pois Piris se recupera de um desconforto na coxa esquerda e corre o risco de não entrar em campo no Barão de Serra Negra.

A contratação do lateral direito Douglas, ex-Goiás, que veio com pubalgia e só deve iniciar os treinamentos fora do Reffis em abril, fechou o pacote do São Paulo no momento. Pelo menos é isso que garante o dirigente, confiante com o atual elenco do Tricolor e descartando qualquer novidade. Até que surja alguma ‘oportunidade de mercado imperdível’, é clar

‘Hoje não estamos negociando com jogador algum. Falaram de Felipe Melo, mas ele vive um ótimo momento na Turquia (onde é camisa 10 do Galatasaray), em Josué, mas a intenção hoje não é de contratar um novo volante. Para completar elenco já temos, não vale a pena grandes esforços, há o Rodrigo Caio, que é bom jogador. Se surgir uma boa oportunidade, um nome de peso, podemos nos movimentar’, disse Adalberto Batista durante a reapresentação do elenco do São Paulo nesta sexta-feira.

O frágil setor defensivo, o pior entre os grandes no Campeonato Paulista, também não deve receber caras novas. O zagueiro Breno, revelado nas categorias de base do próprio São Paulo, interessa, mas precisa antes de tudo resolver seus problemas com a Justiça Alemã, onde está sendo acusado de ter incendiado a própria casa. O negócio com o Bayern de Munique pode acontecer, mas apenas no meio do ano.

‘Breno é formado na casa, interessa sim, mas precisa resolver seus problemas, inclusive com a Justiça. Hoje posso dizer que ele não está vindo porque ainda não é a hora. Quando acontecer essa resolução, acertamos os detalhes’, encerrou o dirigente do Tricolor.