Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

NBA: Curry diz que ‘homem não foi à Lua’ e recebe convite da Nasa

Porta-voz da agência espacial chamou o armador do Golden State Warriors para conhecer laboratório onde estão pedras retiradas da lua em 1969

O armador Stephen Curry, do Golden State Warriors, lançou uma teoria da conspiração no podcast Winging It, dos jogadores Vince Carter e Kent Bazemore, do Atlanta Hawks, e recebeu uma resposta inusitada. O astro da NBA disse não acreditar que o homem pisou na Lua, o que levou a Nasa (Agência Espacial dos Estados Unidos) a convidá-lo para conhecer o laboratório com fragmentos lunares.

“Nós já fomos à Lua?”, questionou Curry, enquanto os participantes do programa, em consenso, disseram que não. “Eles (cientistas) virão até nós, mas eu também não acredito. Desculpem, não quero criar teorias da conspiração”, continuou o armador.

O porta-voz da Nasa, Allard Beutel, em entrevista ao portal americano TMZ, retrucou a teoria de Curry e o convidou para conhecer o ‘laboratório lunar’ da agência, no Texas.

“Nós amaríamos se o Sr. Curry visitasse o laboratório lunar em Houston, talvez na próxima vez em que os Warriors estiverem na cidade para jogar contra os Rockets (time local). Temos centenas de quilos de pedras retiradas da Lua no laboratório e também o controle do Programa Apollo (missão que levou astronautas à Lua em 1969)”, declarou o porta-voz.

Em julho deste ano, outra estrela do esporte alimentou a teoria: o goleiro espanhol Iker Casillas, do Porto, que escreveu em seu Twitter: “Ano que vem comemora-se 50 anos que (supostamente) o homem pisou na Lua. Estou num jantar com amigos, discutindo sobre isso. E levo o debate a público: vocês acreditam que pisou? Eu não!”, escreveu.

O armador Kyrie Irving, do Boston Celtics, foi além e, em entrevista recente, disse acreditar que a Terra é plana. A visita de Curry à Nasa pode ocorrer no próximo jogo entre Warriors e Rockets, em Houston, no dia 13 de março. Já Irving passará pela cidade em 27 de dezembro e, quem sabe, também possa ser convidado pela agência espacial para rever seus conceitos.