Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Náutico perde para o Boa, mas confirma o acesso à elite

Por Da Redação 19 nov 2011, 18h37

Por AE

Varginha – Foi sofrido, mas o Náutico finalmente confirmou o acesso para voltar à elite do futebol brasileiro em 2012. Na tarde deste sábado, o time pernambucano perdeu para o Boa, por 2 a 1, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG), pela penúltima rodada, mas mesmo assim carimbou o passaporte para deixar a Série B.

O objetivo do Náutico só foi alcançado devido os tropeços de Bragantino e Vitória, que perderam como mandantes. Na vice-liderança, com 63 pontos, o time pernambucano encerra a sua participação na Série B contra a Ponte Preta, no Estádio dos Aflitos. O time paulista, com 62 pontos, também briga pelo vice-campeonato.

O Boa segue sonhando com o acesso, já que chegou aos 56 pontos, em sétimo lugar. Para subir, o time mineiro precisa bater o rebaixado Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, e torcer por tropeços de Sport, Bragantino e Vitória.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado. Precisando pelo menos do empate para confirmar o acesso, o time pernambucano viu sua situação ficar mais complicada aos 15 minutos. Valdo recebeu lançamento de Carlos Magno e bateu sem chances para o goleiro adversário. No entanto, a alegria durou pouco. Seis minutos depois, Kieza dominou no peito e bateu colocado, tirando de Luiz Henrique. Foi o 21.º gol do artilheiro da Série B.

Precisando da vitória para manter vivo o sonho do acesso, o Boa foi para cima, mas não conseguiu furar o bloqueio pernambucano.

Assim como no primeiro tempo, a etapa final foi bastante equilibrada e os dois times não conseguiam criar grandes chances. O Boa era superior e assustava Gideão, tanto que chegou ao gol da vitória aos 41 minutos. Marques recebeu dentro da área e soltou a bomba no meio do gol. O goleiro do time pernambucano acabou falhando e aceitou, para delírio dos torcedores mineiros.

FICHA TÉCNICA:

Continua após a publicidade

Boa 2 x 1 Náutico

Boa – Luiz Henrique; Olívio, Pablo, Cassiano e Marinho Donizete; Claudinei (Marconi), Valdo, Vinícius e Carlos Magno (Maranhão); Higo (Laércio) e Marques. Técnico – Nêdo Xavier.

Náutico – Gideão; Peter, Marlon, Ronaldo Alves e Airton; Everton, Elicarlos, Derley (Elton) e Eduardo Ramos; Kieza e Rogério. Técnico – Waldemar Lemos.

Gols – Valdo, aos 15, e Kieza, aos 21 minutos do primeiro; Marques, aos 41 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Felipe Duarte Varejão (ES).

Cartões AmarelosValdo, Derley, Ronaldo Alves, Gideão, Luiz Henrique, Peter, Laércio, Marlon e Rogério.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Melão, em Varginha (MG).

Continua após a publicidade

Publicidade