Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Natália Burian, do Catanduva, é suspensa por 18 meses da quadras

Após ser pega no teste antidoping pelo uso da substância nandrolona, anabolizante utilizado para crescimento da massa muscular, Natália Aparecida Moraes Burian, que vestiu a camisa do Catanduva BC na edição 2011/2012 da Liga de Basquete Feminino (LBF), foi suspensa por 18 meses pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB) após julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A decisão foi unânime.

O período da punição é contado a partir do dia 24 de março de 2012, dia no qual foi realizado o exame, após a partida contra o Ourinhos. A armadora de 27 anos de idade e 1,70m de altura defendeu as cores da Seleção Brasileira no Pré-olímpico Mundial de 2008. Na competição, o Brasil conquistou o direito de disputar as Olimpíadas de Pequim ao vencer a seleção cubana na última partida.

Pelo time catanduvense, Natália Burian avançou até a fase semifinal da LBF, caindo após perder para o Ourinhos.