Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Natação: ex-medalhista brasileira no Pan-2011 morre após ser atropelada

Sarah Correa, de 22 anos, foi atropelada nesta sexta-feira no Rio de Janeiro

Por Da Redação 2 Maio 2015, 16h32

A ex-atleta da seleção brasileira de natação e medalhista no Pan-Americano de 2011, Sarah Correa, foi atropelada por um carro na Estrada dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio de Janeiro, às 18 horas de sexta-feira. O motorista, não identificado, fugiu sem prestar socorro à vítima, que estava acompanhada de Paulo Soares, de 58 anos, que morreu no local. Sarah, de 22 anos, teve morte cerebral confirmada neste sábado e a família concordou em desligar os aparelhos. Ela teria sido atingida quando estava num ponto de ônibus e sofreu ferimentos graves na cabeça.

“Minha filha foi assassinada por mais um maluco bêbado do trânsito dessa cidade. Quero Justiça e não vou descansar enquanto não acabar com esse cara”, escreveu a mãe de Sarah, Maria Fátima Alves Gonçalves, no seu perfil nas redes socais.

Ela defendeu clubes como Marina Barra Clube, Minas Tênis Clube, Unisanta, Flamengo e Fluminense, e tinha deixado a natação para se dedicar à carreira de modelo. Em Guadalajara, no México, em 2011, Sarah estava na equipe que conquistou a medalha de prata no revezamento 4x200m livre.

Publicidade